Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Fim do pesadelo para os passageiros que passaram a noite no teleférico de Mont Blanc

Kathryn McCallum
Flickr CC
Compartilhar
As 33 pessoas, incluindo um menino de 10 anos, que passaram a noite em um teleférico sobre Mont Blanc, bloqueado desde quinta-feira por uma falha técnica, iniciaram a descida na manhã desta sexta-feira.

“Voltou a funcionar há cinco minutos”, anunciou Mathieu Dechavanne, presidente da Companhia do Mont Blanc, pouco antes das 8H00 (3H00 de Brasília). Os últimos passageiros conseguiram assim retornar para a estação.

Os “náufragos do vazio” passaram uma noite vertiginosa nas cabinas do “Panoramic Mont Blanc”, que une os cinco quilômetros que separam a Aiguille du Midi (a 3.842 metros de altitude), na França, da Pointe Helbronner (3.462 metros), na encosta italiana do Monte Branco, a maior montanha da Europa, um paraíso para os esquiadores.

“Permanecemos em contato com eles durante toda a noite, passaram frio, mas não temos nenhum perigo vital”, afirmou à AFP o comandante do PGHM, Stéphane Bozon.

Outras 77 pessoas que também permaneceram retidas no teleférico foram resgatadas durante a noite: 48 por helicóptero e 29, que estavam em cabines mais próximas do solo, de rapel por socorristas franceses e italianos.

Mas a intervenção dos helicópteros franceses e italianos, considerada muito complexa, teve que ser interrompida na quinta-feira à noite pelas condições meteorológicas difíceis.

Cinco funcionários das equipes de emergência, três franceses e dois italianos, conseguiram acesso a algumas cabines e passaram a noite com os passageiros. Um deles chegou ao local onde estava a criança.

Os turistas bloqueados tiveram acesso a mantas, barras energéticas e garrafas de água, que são disponibilizadas nas cabines.

Dois grupos de três telecabines (para quatro pessoas) ficaram “órfãs”, como definiu o prefeito de Alta Saboia, Georges Leclerc, porque as equipes de resgate não conseguiram alcançar as mesmas.

O incidente aconteceu por “razões inexplicadas”, os cabos do teleférico – construído há mais de meio século – se cruzaram, explicou Dechavanne.

“A última hora foi interminável. Tive de fechar os olhos um bom tempo”, disse um dos turistas resgatados à Rádio France Bleu, de Saboia.

O teleférico “Panorâmico Mont-Blanc” desliza no ar entre as geleiras do Vale Branco e permite atravessar o maciço do Mont-Blanc da França à Itália. É composto de telecabines de quatro lugares cada.

Em dezembro de 2011, na localidade alpina francesa de Tignes, cerca de 40 turistas ficaram bloqueados por sete horas em um teleférico a cerca de 40 metros da encosta.

Em Chamonix, nos Alpes franceses, foi instalado um posto de controle para gerenciar as operações de resgate.

(AFP)

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.