Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconAtualidade
line break icon

Mãe de um dos terroristas do 11/9 acredita que o filho está vivo em Guantánamo

<p>Capa da revista Time estampada com o rosto de Osama bin Laden é vista no aniversário de 11 anos dos atentados ao World Trade Center, no dia 11 de setembro de 2012, em Nova York</p>

Agências de Notícias - publicado em 11/09/16

A mãe de Mohammed Atta, um dos terroristas que sequestraram os aviões que atingiram as Torres Gêmeas de Nova York em 2001, disse acreditar que o filho está vivo na prisão de Guantánamo, em uma entrevista ao jornal espanhol El Mundo.

Bozaina Mohamed Mustafa Sheraqi afirmou ao jornal que Atta – amplamente conhecido como um dos organizadores dos ataques de 11 de setembro de 2001 – foi vítima de um complô elaborado pelos Estados Unidos e que ele não fez nada de errado.

“Está vivo e esta é a mensagem que envio a meu filho. Acredito que está em Guantánamo. Filho, quero ver você antes de morrer. Já tenho 74 anos e vivo com a esperança de que você sobreviveu. Sei que nunca fez nada de errado e que jamais poderia ter feito isso que dizem por aí. Estou esperando o seu retorno. Eles (Estados Unidos) estão escondendo a verdade”, afirmou ao jornal no Cairo, onde mora com as duas filhas.

Ela também afirmou que o governo americano “planejou o ataque para propagar que o islã é terrorismo. Escolheram pessoas com passaportes árabes para atribuir a responsabilidade e acusar, de passagem, nossos países e nos dividir”, completou.

O jornal El Mundo afirma que esta é a primeira entrevista concedida por Bozaina desde 11 de setembro de 2001.

A família de Atta repetiu diversas vezes que ele não teve qualquer relação com os ataques e que estava vivo.

Depois que Mohammed Atta foi reconhecido como um dos 19 sequestradores aéreos do 11/9, seu pai – também chamado Mohammed Atta e que faleceu em 2008 – negou com veemência a acusação e chegou a afirmar que o filho havia ligado por telefone, de um local não divulgado, um dia depois dos ataques.

Mas após os atentados de Londres em 2005, o pai de Atta pareceu aceitar a perda do filho. Quando a CNN pediu uma entrevista, ele solicitou o pagamento de 5.000 dólares, de acordo com o jornal espanhol. A entrevista nunca foi realizada.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia