Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 15 Outubro |
Santa Teresa de Jesus (Teresa de Ávila)
Aleteia logo
home iconReligião
line break icon

O Papa nos lugares do último terremoto na Itália: “Eu não queria incomodar”

AFP Photo - Osservatore Romano

O Papa vai pessoalmente visitar as pessoas atingidas pelo terremoto devastador de Amatrice, na Itália

Vatican Insider - publicado em 05/10/16

A visita também foi uma surpresa para o pároco de Amatrice, o Pe. Savino D’Amelio: “nós, padres, não sabíamos"

Por Domenico Agasso Jr

“Eu não vim antes para não incomodar, mas desde o primeiro momento eu senti a necessidade de estar perto de vocês”. O Papa Francisco disse essas palavras enquanto falava por um megafone às pessoas que sobreviveram ao terremoto em Amatrice, aonde chegou nesta terça-feira, 04 de outubro, pela manhã, em companhia do bispo de Rieti, dom Domenico Pompili.

O Papa tinha anunciado que gostaria de ter visitado as vítimas do terremoto em 24 de agosto passado. No entanto, a visita se concretizou dois dias após sua chegada da viagem apostólica à Geórgia e ao Azerbaijão. O séquito papal é muito pequeno em relação às demais visitas, para causar o menor incômodo possível nas zonas devastadas.

Imediatamente sentiu a necessidade de estar perto da população atingida pelo terremoto, mas a principal preocupação do Pontífice era não criar problemas com sua presença. “Pensei bem nos primeiros dias em todas as dores, e achei que a minha visita poderia ser, talvez, mais um incômodo do que uma ajuda, uma saudação, e eu não queria incomodar. Por isso, deixei passar um pouco mais de tempo, para que algumas coisas fossem arrumadas, como a escola. Mas, desde o primeiro momento senti que tinha que vir para me encontrar com vocês”. Agora, “estou aqui simplesmente para dizer que estou perto de vocês e que rezo por vocês. Proximidade e oração, esta é a minha oferta para vocês. Que o Senhor abençoe a todos vocês, que Nossa Senhora cuide de vocês neste momento de tristeza, de dor e de provação”.

Depois da bênção, o Papa quis rezar a Ave-Maria com as pessoas presentes: “Vamos em frente, sempre há futuro. Há muitos entes queridos que nos deixaram, que morreram sob os escombros. Vamos rezar a Nossa Senhora por eles. Vamos fazê-lo juntos. Olhar sempre em frente. Avante, coragem e ajudem-se uns aos outros. Caminhamos melhor juntos, sozinhos não vamos a lugar nenhum. Vamos em frente! Obrigado”.

O Bispo de Roma, justamente no dia da festa de São Francisco de Assis, chegou em um Golf. Entrou na escola provisória que a Proteção Civil de Trento levantou para manifestar o seu afeto aos alunos e professores. Francisco foi recebido pelos estudantes do primário e do ensino médio, que lhe deram de presente alguns desenhos. Abraçou-os e saudou-os um por um, e entreteve-se com eles durante cerca de 20 minutos, ouvindo as suas histórias.

Após ter saudado os estudantes da escola, dirigiu-se aos escombros da “zona vermelha” de Amatrice, na companhia do prefeito Sergio Pirozzi e de um pequeno grupo de policiais.

O Pontífice deteve-se, sozinho e em silêncio, diante dos escombros para rezar.

Depois, ao sair de Amatrice, saudou as pessoas que se encontravam na região do acampamento Amatrice 1. Em seguida, dirigiu-se às localidades de Accumoli e Arquata del Tronto. As pessoas que puderam estar perto dele descrevem seus “calorosos” gestos de encorajamento.

A visita também foi uma surpresa para o pároco de Amatrice, o Pe. Savino D’Amelio: “Nós, padres, não sabíamos – afirmou à Rádio Vaticano. Nos demos conta quando vimos, de repente, uma tropa de jornalistas, fotógrafos, cinegrafistas… Quando chegou, foi imediatamente às tendas e encontrou-se com as crianças: tudo foi verdadeiramente belo e significativo”.

Depois, “o bispo de Rieti, Pompili, nos apresentou ao Papa, a nós e aos que estavam ali por perto. Foi um gesto muito belo e espontâneo, do tipo que o Papa nos acostumou, e nos convidou para rezar. A reação das pessoas foi de grande emoção. É significativo que tenha desejado compartilhar conosco justamente o dia do seu santo onomástico, a festa de São Francisco de Assis”.

O Papa Francisco, em seguida, também fez uma visita ao Centro Assistencial São Rafael, em Borbona (Rieti), que acolhe pessoas não autossuficientes e que não podem receber assistência em suas casas. Esteve com os 60 pacientes idosos, a maior parte dos quais teve que deixar suas casas devido ao terremoto. Segundo informou a Sala de Imprensa vaticana, “saudou-os um por um, entreteve-se bastante tempo com eles e almoçou com eles”.

Ao final da longa viagem aos territórios atingidos pelo terremoto de 24 de agosto, o Papapoderia realizar uma etapa em Assis.

O prefeito de Amatrice, Pirozzi, em uma entrevista à inBlu Radio (emissora italiana), declarou: “a presença do Papa é uma mensagem importante; traz esperança e renascimento. Sou forte, mas de vez em quando a força me parece faltar e uma palmada nas costas ajuda. Vou esperar pelo Francisco na Páscoa, porque meu sonho é que nesse dia as casas já tenham sido reconstruídas e todas as atividades tenham sido retomadas, um sinal importante para esta região, que pagou um tributo muito alto”.

Tags:
PapaPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Milagre do Sol em Fátima
Reportagem local
13 de outubro: o dia em que o mundo presenciou o Milagre do Sol e...
2
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
3
Restauração da imagem de Aparecida por Maria Helena Chartuni
A12
Arrebentada em 200 pedaços: a impactante experiência da restaurad...
4
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
5
Claudio de Castro
Uma alma do Purgatório te agradecerá por isto
6
PRIEST-EUCHARIST-ELEVATION-HOST
Philip Kosloski
O que devemos rezar quando o padre eleva a hóstia e o cálice?
7
MULHER REZANDO
O São Paulo
Rezar deitado: é certo ou errado?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia