Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 01 Março |
São Félix III (II)
home iconReligião
line break icon

Papa: Jesus nunca nos deixa sozinhos

© Antoine Mekary / ALETEIA

Pope Francis leads his weekly general audience in St. Peter's Square in Vatican City, October 12, 2016. © Antoine Mekary / ALETEIA

Vatican News - publicado em 18/10/16

“O apóstolo, quando é fiel – sublinha o Papa – não espera outro fim senão o de Jesus”. Mas o Senhor permanece próximo

O Papa Francisco presidiu a missa na Capela de sua residência, a Casa Santa Marta, na manhã desta terça-feira, (18/10).

Na homilia, comentando a Segunda Carta a Timóteo, o Papa dissertou sobre o destino dos apóstolos que, como São Paulo na fase conclusiva de sua vida, vivem na solidão e enfrentam dificuldades:

“Sozinho, mendicante, vitima de assédio, abandonado… mas é o grande Paulo, o que ouviu a voz do Senhor, o chamado do Senhor! Aquele que foi de um lugar para o outro, que sofreu tanto e passou por diversas provações para pregar o Evangelho; o que fez entender aos apóstolos que o Senhor queria que os Gentis também entrassem na Igreja, o grande Paulo que na oração subiu até o Sétimo Céu e ouviu coisas que ninguém ouvira antes: o grande Paulo, naquele quartinho de uma casa em Roma, esperando esta luta entre a rigidez dos tradicionalistas e os discípulos fiéis a ele acabar dentro da Igreja. E assim, termina a vida do grande Paulo, na desolação: não no ressentimento e na amargura, mas com a desolação interior”.

Fidelidade

Assim aconteceu com Pedro e com o grande João Batista, que “na cela, sozinho e angustiado”, manda seus discípulos perguntar a Jesus se é ele o Messias e termina com a cabeça cortada “por causa do capricho de uma bailarina e da vingança de uma adúltera”. O mesmo aconteceu com Maximiliano Kolbe, “que fez um movimento apostólico em todo o mundo e muitas coisas grandes” e morreu na cela de um campo de concentração.

“O apóstolo, quando é fiel – sublinha o Papa – não espera outro fim senão o de Jesus”. Mas o Senhor permanece próximo, “não o deixa sozinho e ali encontra a sua força”.

Mártires

“Morrer como mártires, como testemunhas de Jesus é a semente que morre e dá fruto e enche a terra de novos cristãos. Quando o pastor vive assim, não fica amargurado: talvez se sinta desolado, mas tem aquela certeza de que o Senhor está ao seu lado. Quando o pastor em sua vida se ocupou de outras coisas que não dos fiéis – por exemplo, apegado ao poder, apegado ao dinheiro, apegado aos centros de poder, apegado a tantas coisas – no final, não estará só, talvez haja os netos que aguardarão que morra para ver o que poderão levar com eles”.

O Papa Francisco conclui assim a sua homilia:

“Quando eu visito o asilo dos sacerdotes idosos, encontro muitos daqueles bons, bons, que deram a vida pelos fiéis. E estão ali, doentes, paralíticos, na cadeira de rodas, mas logo se vê aquele sorriso. ‘Está bem, Senhor; está bem, Senhor, porque sentem o Senhor muito próximo a eles. E também aqueles olhos brilhantes que têm e perguntam: ‘Como está a Igreja? Como está a diocese? Como estão as vocações?’. Até o fim, porque são padres, porque deram a vida pelos outros. Voltemos a Paulo. Só, mendicante, vítima de assédio, abandonado por todos, menos que pelo Senhor Jesus: ‘Somente o Senhor está próximo de mim!’. E o Bom Pastor, o pastor deve ter esta segurança: se ele vai pelo caminho de Jesus, o Senhor lhe estará próximo até o fim. Rezemos pelos pastores que estão no final de suas vidas e que estão aguardando que o Senhor os leve com Ele. E rezemos para que o Senhor lhes dê a força, a consolação e a segurança que, embora se sintam doentes e também sozinhos, o Senhor está com eles, perto deles. Que o Senhor lhes dê a força”.

(Rádio Vaticano)

Tags:
EsperançaJesusMártiresPapaPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
3
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
4
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
5
MEXICO
Pablo Cesio
México: homem chega à própria missa de corpo presente
6
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
7
PRAY YOUNG
Arquidiocese de São Paulo
Rezar o terço sem contemplar os mistérios é válido?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia