Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Aos 92 anos, idosa ouve seu maior ídolo cantar música que ela compôs

Reprodução/Facebook
Compartilhar

Uma ternura de vídeo e uma mensagem incrível

Sabe, às vezes eu vejo muitas pessoas que na casa dos 40, 50 anos, começam a abandonar de vez muitos de seus sonhos e objetivos se entregando à uma realidade a qual acreditam não conseguir mudar.

Contudo, dizer que ‘nunca é tarde para ir atrás de um sonho’, não é apenas um clichê. Como prova a simpática senhora de 92 anos, Lyndel Rhodes.

Enquanto era mais jovem, a idosa sempre buscou aperfeiçoar suas habilidades musicais. E seu talento para a música era tanto, que foi passado para a próxima geração. A senhora é mãe de Buddy Cannon, um famoso e importante produtor musical dos EUA.

Seguindo a história, Lyndel não chegou a ter uma carreira musical. Com o tempo, a realidade a fez ter outras prioridades. Mas, a paixão pela música foi algo que a senhora jamais perdeu.

Aposentada, em 2009, aos 85 anos, ela dedicava boa parte do seu tempo à musica. Mas só para lazer. E acabou compondo um som chamado “Little House on the Hill” (‘Pequena Casa na Colina’). Ela estava orgulhosa. Nos vocais, seu filho a acompanhou.

Apaixonada por sua criação, ela deixou com que Buddy a compartilhasse nas redes sociais. A música fez sucesso e o rapaz resolveu ir além.

Buddy já havia trabalhado com Willie Nelson, uma lenda da música country (ele faz parte do hall da fama do country americano) e resolveu enviar uma cópia da música para ele. Sabe o que aconteceu? Nelson se apaixonou pela música composta pela adorável idosa.

E para felicidade de Lyndel, o artista, um de seus favoritos, resolveu gravar a música em seu estúdio. Veja a reação fofa da idosa ao ouvir um de seus ídolos cantando sua música:

“Little House on the Hill”, mais do que só uma música, se tornou um sonho realizado. Aos 92 anos, Lyndel ainda pode se surpreender, se encantar e sorrir graças ao fruto de seu talento.

E assim, a vida mostra que mesmo quando as coisas parecem se perdendo, nunca é tarde para que elas sejam encontradas. O tempo não é um inimigo e devemos sempre lutar por poder fazer o que amamos. Pois quando menos esperamos, tudo pode acontecer.

Fotos: Facebook/Lyndel Rhodes

 

 

(via Best of Web)