Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 07 Março |
home iconAtualidade
line break icon

Milhares de judeus se reúnem diante do Muro das Lamentações

AFP/Getty Images

Agências de Notícias - publicado em 19/10/16

Milhares de judeus se reuniram nesta quarta-feira diante do Muro das Lamentações para celebrar um dos grandes rituais do ano, apenas um dia após a Unesco aprovar uma resolução que nega qualquer vínculo entre o judaísmo e o local.

Dezenas de milhares participaram da bênção dos Cohanim, um dos momentos mais importantes da semana religiosa do Sucot, que termina em 25 de outubro. Envolvidos nos tradicionais xales brancos de orações, centenas de membros da casta dos Cohanim (plural de Cohen, que significa sacerdote em hebraico) repartiram sua bênção à multidão enquanto levantavam os braços e recitavam partes do quarto livro da Bíblia.

Homens e mulheres do mundo inteiro se aproximaram do Muro para estar o mais perto possível nos espaços reservados para cada um dos sexos.

Situado na parte baixa da Esplanada das Mesquitas, o Muro das Lamentações é o vestígio do segundo templo judaico destruído pelos romanos no ano 70.

A Esplanada do Templo, como é chamada pelos judeus-cristãos, é o local mais sagrado para os judeus, mas é também o terceiro lugar santo do Islã. Assim como a cidade velha que a cerca, está situada em Jerusalém Oriental, uma zona palestina da cidade anexada há décadas por Israel, o que a localiza no coração do conflito israelense-palestino.

A bênção ocorre um dia após a adoção pela Unesco de uma resolução sobre Jerusalém Oriental que provocou polêmica em Israel.

O texto, que nega o vínculo entre o Muro das Lamentações e o judaísmo, foi submetido pelos países árabes em nome da proteção do patrimônio cultural palestinos. As autoridades israelenses o denunciaram de forma quase unânime porque desta maneira é negado o vínculo histórico entre os judeus e Jerusalém.

As bênçãos em massa são uma tradição duas vezes por ano, para o Sucot e durante a Páscoa. Na terça-feira foram cercadas por um dispositivo de segurança reforçado, segundo a polícia. As autoridades temiam atentados palestinos. Não foi reportado nenhum incidente em Jerusalém.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
MIRACLE
Maria Paola Daud
Mateo se perdeu no mar… e apareceu nos braços do pai
2
MADONNA
Maria Paola Daud
A curiosa imagem da Virgem Maria protetora contra o coronavírus
3
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
4
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
5
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
6
Santo Sudário
Aleteia Brasil
Manchas do Santo Sudário são do sangue de alguém que sofreu morte...
7
BABY BORN
Reportagem local
Bebê “renasce” após ser batizado por uma médica
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia