Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Houve quem, sendo chamado por Jesus, não O seguiu

Unsplash
Compartilhar

Três vocações frustradas

Aproximaram-se de Jesus três homens que pensavam em segui-Lo. A voz do Mestre lhes tinha chamado à atenção; ao encontrarem Jesus, manifestaram-se seus desejos de entrega.

 

Um escriba cheio de generosidade

O primeiro foi um escriba cheio de generosidade. “Enquanto seguiam o caminho, um lhe disse: Eu te seguirei aonde quer que fores. Jesus lhe respondeu: As raposas têm suas tocas e os pássaros do céu seus ninhos, mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça” (cf. Evangelho de São Lucas). E era esta a real situação de Jesus. Rejeitado na Galileia e na Judeia, Ele andava feito um mestre itinerante, sem lugar de repouso fixo nem lugar para ensinar. Quem O quisesse seguir deveria estar disposto a essa vida dura, distante das ilusões comuns quanto à suposta vida de um mestre e mais distante ainda da vida de um rei.

 

Sim, mas…

A outro, Jesus disse: Segue-me. Ele, porém, respondeu: Senhor, permite-me primeiro sepultar o meu pai”. Desta vez foi Jesus quem chamou, como já tinha feito em tantas ocasiões. A resposta foi afirmativa, mas com reticências. “E Jesus lhe disse: Deixa que os mortos enterrem seus mortos; tu, vai anunciar o Reino de Deus” (cf. Evangelho de São Lucas). Nada, afinal, pode ser colocado acima do amor de Deus.

 

O carinho filial

Disse outro: Eu te seguirei, Senhor, mas, primeiro, permite que me despeça dos meus. Jesus lhe respondeu: Ninguém que põe a mano no arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus” (cf. Evangelho de São Lucas). O carinho filial é importante, é claro, mas o amor a Deus é mais ainda.

 

Nos três casos, Jesus apresenta a radicalidade de um amor total e sem concessões nem à vida fácil nem a possíveis enganos revestidos de caridade. Esta será sempre a atitude de Jesus.

__________

A partir de texto de Enrique Cases, em Primeros Cristianos

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.