Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Evangelho presente mas pouco lido? Nada de surpreendente

Compartilhar

Para sociólogo, jovens estão em busca de fontes de espiritualidade

Por Domenico Agasso Jr.

Para o sociólogo italiano Franco Garelli, professor da Universidade de Turim, os jovens estão em busca de fontes de espiritualidade, e o fato de que uma delas seja o Evangelho significa que ele não está tão distante deles.

O que é o Evangelho para os italianos?

É um ponto de referência, mas posto no fundo, atrás dos bastidores da existência. É um elemento fundamental, mas que deslizou para o fundo. No sentido de que é um livro sagrado ao qual se atribui um grande valor, mas apenas ideal. Deve ser mantido um pouco escondido, porque não serve para o “alimento” cotidiano da alma. Mas, ao mesmo tempo, deve estar acessível, porque, assim que se tem a necessidade de um pouco de consolo, ele pode ser alcançado.

Você esperava que ele fosse mais lido?

No cotidiano não, porque cada dia é desafiador. Digamos assim: não é uma leitura atraente. Eu também acredito que muitos, embora não o consultem, referem-se ao Evangelho nas ideias e nas escolhas. E, além disso, na minha opinião, o dado de quem o lê, 20%, não é pouca coisa: é uma minoria “qualificada”.

A atenção dos jovens surpreendeu você?

Sim, é um fenômeno curioso. Significa que os jovens estão em busca de fontes de espiritualidade, e o fato de que uma delas seja o Evangelho significa que ele não está tão distante deles. Sinal de que eles encontram nele palavras preciosas para enfrentar o mistério da vida, decifrar a existência. E para aquecer o próprio coração.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.