Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Homem tem os olhos arrancados no meio da rua em Bruxelas

Policiais bósnios patrulham delegacia após ataque, em Zvornik, no dia 27 de abril de 2015

Compartilhar
Um homem de cerca de trinta anos teve os olhos arrancados durante uma briga no domingo em plena rua em Bruxelas, informou nesta segunda-feira a procuradoria da capital belga, acrescentando que um suspeito foi preso.

A vítima, um belga, foi encontrada mutilada em um bairro do centro de Bruxelas, domingo às 03h00, antes de ser levada para o hospital “em estado grave”, explicou a procuradoria em um comunicado.

“Os olhos da vítima foram arrancados” e “foram encontrados nas proximidades, bem como uma lâmina”, detalhou a procuradoria.

Um suspeito holandês, com quem a vítima brigou, “teria, nesta briga, arrancado os olhos” do homem, antes de fugir, indicou a procuradoria, referindo-se a “primeiros elementos da investigação”.

A polícia conseguiu prendê-lo no final do dia de domingo, e ele deverá ser apresentado nesta segunda-feira a um juiz, após ser indiciado por agressão, tortura e tratamento desumano.

“Ele “reconhece ter brigado com a vítima, mas não pode dizer com certeza se arrancou os olhos do homem”, disse a procuradoria.

(AFP)

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.