Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O remédio divino de uso diário que não precisa de receita

JMJ
Compartilhar

E a bula para nutrir-se dele todos os dias

Viver envolve, inevitavelmente, aceitar a alegria e também o sofrimento como parte essencial da existência. Ao longo de toda a vida há momentos de dor, leve ou residual; várias vezes, a intensidade da dor é moderada; há circunstâncias, também, nas quais a dor é aguda e lancinante.

Você sabia que andar sempre com o Crucifixo pode ser o melhor remédio para as dores da alma?

Apertá-lo na mão nas horas difíceis de cada dia ou simplesmente olhar para ele vai lhe recordar que você não está só. Existe Alguém que acompanha você em cada um dos seus passos!

Quem participou da Jornada Mundial da Juventude em 2011, em Madri, recebeu um remédio para uso diário: dentro de uma caixinha semelhante à de um medicamento, acompanhado devidamente pela bula, jovens de todas as idades e países ganharam um Crucifixo. Vale a pena recordar algumas das orientações sobre o uso desse divino remédio, que não precisa de receita:

 

Indicações:

A cruz nos espera todos os dias, em diversas formas: cansaços, tentações, problemas, doenças, tragédias, mortes, contrariedades etc. O Crucificado nos diz: “Se alguém quer me seguir, negue a si mesmo, tome sua cruz a cada dia e me siga”.

 

Precauções:

A cruz não garante uma vida cômoda, mas um coração apaixonado à semelhança do Crucificado. Ser amigo do Crucificado e viver enamorado de Deus levará a comportar-se de modo diferente, com um estilo de vida que chamará poderosamente a atenção em muitos ambientes. O Crucificado dará força e alegria para nadar contra a corrente, difundindo eficazmente ao próprio redor o princípio ativo da Cruz de Cristo: o amor e, por conseguinte, a verdadeira felicidade.

 

Dose:

Este remédio não acarreta riscos de dose excessiva. Todo coração anseia pelo Amor verdadeiro.

 

Modo de uso:

Pode-se recorrer ao Crucifixo de diversas formas, a qualquer hora do dia e da noite. Procure fazê-lo diariamente.

Pode-se levá-lo ao peito, na agenda, na carteira, no celular, na tela do computador, no carro.

A Cruz de Cristo pode presidir, como sinal de paz e de amor, cidades, montanhas, estradas e edifícios. Há Crucifixos em milhões de lares, ricos e pobres, dos cinco continentes.

O Crucifixo pode ser contemplado e ouvido. “A Cruz é um livro vivo, do qual aprendemos definitivamente quem somos e como devemos agir. Este livro está sempre aberto diante de nós” (São João Paulo II).

 

Efeitos colaterais:

  • Viver com alegria, confiando-se às mãos de Deus.
  • Superar com garbo as dificuldades de cada dia.
  • Ter fortaleza e personalidade para ir contra a corrente.

 

Vencimento:

Este medicamento não tem data de validade. A Cruz de Cristo é o remédio definitivo.

Mantenha o Crucifixo ao alcance e à vista de crianças, jovens e idosos. Todos encontrarão na Cruz de Cristo a verdadeira felicidade, para si mesmos e para os outros.

crucifixojmj

 

E então? Você não acha que chegou a hora de também andar com seu Crucifixo?

Tags:
cruzJMJ