Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 25 Fevereiro |
Beato Sebastião Aparício
home iconPara Ela
line break icon

Das grandes conquistas da vida, a maior é saber amar

Obvious - publicado em 12/12/16

"O amor é quando minha mãe faz café para o meu pai e bebe um golinho antes de lhe dar para saber se está realmente bom." (Danny, 7 anos)

Saber amar é a maior conquista da vida. Quando aprendemos a amar – mas amar de verdade – obtemos um novo grau de compreensão acerca das relações da vida. Amar é emoção e também razão. Amar não pode ser definido por dicionário algum.

Eu acho trágica a forma como funcionam as relações hoje em dia. Claro, todos somos imperfeitos, mas a maioria tem uma visão romantizada demais do que é amor. Amar não é encontrar sua alma gêmea; amar não é dividir a vida com alguém – isso é apenas uma expressão do amor. Mas amar deveria ser tão natural como respirar, deveria ser automático.

O nosso mundo anda tão egoísta e tão desumano que fomos nos afastando e removendo de nós essa magnífica capacidade que temos. Somos chamados de trouxas, de babacas, de iludidos, de idiotas… e por aí vai: a lista é longa. Hoje em dia amar é banal, é ridículo. Pois que seja. Eu ainda acho que amar é a maior cura que você pode realizar na sua vida. Mas uma coisa é fato: ninguém ama ninguém sem antes se amar.

Amar é perdão, é admiração, é contemplação. E nossa, como é difícil perdoar, admirar e contemplar! Guardamos tanto rancor, tantas mágoas, tanto veneno e nem sequer percebemos que os danos são nossos. Sabe aquela frase “o que você pensa de mim é problema seu?”. Pois bem. Nós dizemos muito isso, mas não sabemos pensar no contrário – “o que eu penso de ciclano é problema meu”. As pessoas não têm nada a ver com isso, não mesmo. Amar é saber olhar o mundo com os olhos dos outros, é fazer-se menos egoísta, é fazer REALMENTE o bem, o que deve ser feito.

Todo dia eu escuto alguma fofoca, basicamente. E as pessoas costumam falar dos outros como se tivessem a vida perfeita. “Você viu o que aconteceu com ela? O marido a traiu. Também, baranga desse jeito, não era pra menos”; “Nossa, ele é tão quieto, o que tem de errado com ele?”. O único que posso pensar é: DEIXEM AS PESSOAS EM PAZ. Fiquem em paz. Se você é tão crítico, aproveite e faça as mudanças necessárias na sua vida; mas, por favor, deixem as pessoas em paz.

Cada um se veste como quer, cada um se relaciona com quem quiser, cada um frequenta os lugares que quer. Se não tá influenciando a sua vida, pra quê se meter? Deixa a pessoa se tatuar, ou deixe ela não gostar disso; deixe ela pintar o cabelo de arco-íris, ou deixe ela não gostar disso; deixe-a ser religiosa, ou deixe ela protestar contra isso. Tanta gente tira a vida dos outros por não concordar com a escolha do outro. Mas não adianta: a felicidade se chama amor.

A gente tem que saber conviver com o diferente, isso também é uma expressão do amor. Nós não somos deuses para julgarmos os outros pelos atos. Aceitar o diferente é um dom e uma forma de crítica. Sempre que você se pegar julgando, pense: ele está no seu direito.

Mas claro, para isso, há de se estar no direito. Não podemos ser levianos a ponto de acharmos que um ladrão ou um assassino ou um mentiroso está no seu direito. Não. O que eu digo tem a ver com tolerância. Vejo tantas correntes que, para lutar por seus ideais, precisam destruir outros. Isso é manifestação de ódio. Para exigir amor, você primeiro precisa dar. Para exigir respeito, você precisa dar. A gente só dá o que tem – lembre-se disso antes de julgar. Se você não está recebendo amor, reveja suas ações: provavelmente você não o está dando.

(via Obvious)

Tags:
AmorCasamentoNamoroRelacionamento
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Eucaristia
Reportagem local
Diocese afasta padre que convidou pastor para “concelebrar&...
2
Padre Paulo Ricardo
Nossos tempos são os últimos? A Irmã Lúcia responde
3
OPERA SINGER
Cerith Gardiner
Cantora de ópera faz apresentação incomum e homenageia Maria e as...
4
DOMINIKANIN, SZCZEPIONKA COVID
Jesús V. Picón
Padre desenvolve vacina contra Covid-19 para os pobres
5
SPANISH FLU
Philip Kosloski
Os poderosos conselhos do Padre Pio durante uma pandemia na Itáli...
6
FATHER RANIERO CANTALAMESSA
Vatican News
Cuidado com a hipocrisia: a pureza de coração é condição para ver...
7
NIEPOKALANE POCZĘCIE
Reportagem local
Nossa Senhora se ajoelha no Céu toda vez que rezamos esta oração
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia