Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Redação da Aleteia / ACI Digital
Como surgem as intenções de oração do Papa?
María Álvarez de las Asturias
Como ajudar um casal que se separou?
Padre Reginaldo Manzotti
Oração para pedir luz ao Senhor
Padre Reginaldo Manzotti
5 lições de vida para ser feliz
Prosa e Poesia
Os recomeços
Vatican News / Redação da Aleteia
Papa aos juízes: não buscar interesse pessoal

São João da Cruz: como mortificar as 4 paixões naturais

Creative Commons
Compartilhar

"Não ao mais, mas ao menos"

O místico e doutor da Igreja São João da Cruz nos legou um tesouro precioso de sabedoria para a alma. Conheça neste outro artigo 21 frases iluminadoras escritas por ele.

São João da Cruz também nos recomenda sublimar as nossas paixões naturais, levando em consideração estes conselhos que reproduzimos abaixo.

__________

Para mortificar as 4 paixões naturais, que são o prazer, a tristeza, o temor e a esperança, é de proveito o seguinte:

· Inclina-te sempre não ao mais fácil, mas ao mais difícil;

· Não ao mais delicioso, mas ao mais insípido;

· Não ao mais gostoso, mas ao que não dá gosto;

· Não ao que é descanso, mas ao mais trabalhoso;

· Não à consolação, mas ao que não consola;

· Não ao mais, mas ao menos;

· Não ao mais alto e precioso, mas ao mais baixo e desprezado;

· Não ao querer algo, mas ao nada querer;

· Não ao procurar das coisas o melhor, mas o pior;

e, por Jesus Cristo, ter para com todas as coisas do mundo despojamento, vazio e pobreza.

Aleteia Top 10
  1. Lidos