Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

“Socorro, estou falida neste Natal!”

Janna Wages
Compartilhar

Especialista dá dicas de como não deixar os problemas financeiros atrapalharem o verdadeiro sentido do Natal

Carta de uma leitora:

“Prezada Katrina,

 Eu estou me sentindo muito culpada no Natal este ano. Eu não consigo entrar no clima. As coisas estão extremamente difíceis em relação a dinheiro, mas eu não vou aborrecer vocês com meus problemas financeiros. Eu apenas não sou capaz de fazer tanto para meus filhos e minha família como eu normalmente faço, e estou deixando isso me derrubar. Nós não fizemos nada de Natal como uma família sempre faz porque eu estou muito deprimida. Eu sei que o Natal não significa só presentes; é sobre Cristo. Mas eu estou deixando meus problemas financeiros atrapalharem as coisas. Preciso de uma boa conversa para me tirar desse meu humor terrível.

Obrigada.

Frustrada e falida”

 

Prezada “Frustrada e Falida”,

É incrivelmente difícil quando você tem um coração mole, mas não há meios financeiros para isso. Quem não deseja poder cobrir seus filhos e sua família com presentes? Mas lembre-se: presentes não são a medida do amor, o tempo é. Quando você passa o tempo com alguém, você deixa esse alguém saber que você o valoriza e desfruta de sua companhia. Isso se aplica tanto a seus filhos quanto a Deus. Passe um tempo com ambos para reanimar aquela alegria do Natal.

Seus filhos não vão lembrar os presentes que eles ganharam, mas eles vão recordar o ano em que sua mãe estava deprimida no Natal. Pode soar clichê, mas não é menos verdadeiro. Lamentar-se porque você não pode comprar tudo em sua lista de Natal evidencia a mensagem não dita de que a felicidade só é alcançada através de ganho material. Tenho certeza que não é o que você quer que seus filhos aprendam sobre o Natal.

Ao invés de ignorar esta data porque você não pode se dar ao luxo de celebrar como você costuma fazer, abrace de verdade esta época. Comece comemorando o Advento, em uma preparação tranquila para o nascimento de Cristo. Você ainda tem tempo. Juntos, você e sua família, podem passar um tempo em adoração; leiam juntos os Evangelhos sobre o nascimento de Jesus e ouçam alguma música do Advento. Relaxe e passe o tempo com sua família.  Assistam a filmes clássicos de Natal. Sente-se em torno da árvore de Natal e leia histórias para seus filhos, ou deixe-os ler para você.

Uma das minhas diversões preferidas é pegar um fim de semana e dirigir dando voltas, vendo as decorações de Natal dos lugares. Uma lata de biscoitos assados e um pouco de chocolate quente é tudo que você precisa para tornar isso uma aventura de Natal.

Meu conselho para você é: permita-se, este ano, livrar-se de suas expectativas e, simplesmente, e aproveite o tempo com seus filhos. Mergulhe em momentos serenos com Deus, que nos mostrou a melhor expressão de amor quando aceitou nascer e viver entre nós. Passe um tempo com você também.