Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Rumo à cura “acidental” da esclerose múltipla!

Compartilhar

"Dei um salto de fé" - muitas vezes, as respostas estão diante dos nossos olhos

Uma equipe de pesquisadores médicos do Instituto Ottawa Health Research, do Canadá, encontrou por acaso um tratamento para a esclerose múltipla enquanto tratava de pacientes que, além da doença, também têm leucemia. Eles descobriram que, ao extrair a medula óssea, eliminar as células cancerosas e injetá-la de novo aos ossos, os sintomas da esclerose múltipla não eram mais visíveis.

Devido a alguns efeitos colaterais debilitadores, o tratamento só é oferecido, atualmente, a pessoas com esclerose múltipla grave. O potencial é enorme, mas os médicos ainda precisam torná-lo mais seguro.

Todo o mundo hesita em dizer o nome da doença que começa com ‘c’, mas estes pacientes estão curados”, afirma o cientista Michael Rudnicki, do Ottawa Health Research Institute, que acompanha as pesquisas mesmo não participando delas diretamente. “[A paciente] Jennifer Molson estava de cadeira de rodas num centro de reabilitação, incapaz de trabalhar. Agora ela esquia, trabalha, se casou e tem carteira de motorista. Acredito que esta vai a ser a nova normalidade no tratamento da esclerose múltipla progressiva”.

Dei um salto de fé”, contou Jennifer Molson à revista New Scientist. “Intuí que iria me arrepender se não aproveitasse esta oportunidade”.

Às vezes, de fato, tudo de que se precisa é “dar um salto de fé” para descobrir que as respostas aos nossos problemas estão diante dos nossos olhos. O desafio que enfrentamos é o de nos deixar guiar pelo Espírito Santo. Rezemos para que estes pesquisadores continuem avançando rumo à descoberta da cura da esclerose múltipla e agradeçamos a Deus por seus progressos, dignos de toda a nossa admiração.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.