Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Quem não quer ser demitido assim depois de 30 anos de trabalho?

Compartilhar

A emocionante despedida de um professor que está comovendo a internet

Juan Antonio Gonzáles Flores é um professor de espanhol de um colégio de Zufre (Huelva). Depois de 32 anos educando, pais de alunos, alunos e outros professores quiseram oferecer a ele uma despedida emocionante. Todo o colégio aplaudiu Juan Antonio.

Ele saiu muito emocionado do colégio pela última vez. E só agradeceu.

O trabalho do professor é mais que uma profissão; é uma vocação. Depois de mais de 30 anos dedicado à educação, ser demitido desta maneira é o melhor reconhecimento que alguém pode receber. Um exemplo que pode servir não só para os professores, mas para qualquer profissional.

Não se trabalha só por dinheiro. O reconhecimento dos seus pares, de quem está com você vale muito mais que qualquer benefício econômico. Por acaso alguém gostaria de ter uma despedida dessa?