Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 27 Julho |
São Galactório
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Este menino se aproximou de um carro para pedir esmola, mas não conseguiu aguentar as lágrimas quando olhou para dentro

Reprodução

Perfeito - publicado em 19/01/17

Acredite: você vai se surpreender com o final desta incrível história!

Muita gente pensa que as pessoas sem-teto ou dinheiro só vivem para queixar-se ou esperar a pena dos demais. No entanto, há pessoas sem dinheiro que são mais generosas que muita gente que vive na riqueza.

John Thuo é uma destas pessoas. Este menino costumava ser um dentre tantos abandonados e sem-teto que têm que pedir esmola para sobreviver em Nairóbi, Kenya, algo relativamente comum lá. Lá, a maioria dos habitantes tem um mal conceito deles, tachando-os de ladrões. Mas John não só demonstrou que ele não era nenhum ladrão, senão que também tinha um grande coração. Quando ele pediu esmola a alguém especial, ambas vidas mudaram para sempre.

Como dizíamos, John vivia mendigando e vivendo do que os outros podem lhe dar nos semáforos. Quando os carros param em frente à luz vermelha, as crianças se aproximam das janelas abertas e tentam convencer quem está dentro que lhes dê algum dinheiro. Foi assim que um dia ele conheceu Gladys Kamande, que viajava em um desses carros.

Quando John deu uma olhada para dentro da janela, viu como Gladys levava uma série de aparatos dentro do seu carro que a ajudavam respirar. Os pulmões de Gladys tinham entrado em colapso, o que fazia com que respirasse com dificuldade e tivesse que levar com ela cilindros de oxigênio, um concentrador de oxigênio e um gerador para sobreviver. John ficou muito chocado ao ver o tanque de oxigênio e o gerador, já que nunca tinha visto nada igual. Mas isso não era tudo: Gladys, aos 32 anos, já havia passado por 12 cirurgias, sendo que uma rompeu o seu nervo ótico, deixando-a cega.

John, como qualquer criança da sua idade, não conseguiu conter a curiosidade e perguntou à mulher o que eram todos esses aparatos aos que ela estava conectada. Quando Gladys contou a sua história, John não conseguiu evitar de se debulhar em lágrimas. Ele se deu conta de que, apesar da sua pobreza, no mundo havia pessoas que estavam ainda pior. E se sentiu terrível ao ver que não tinha nada que ele pudesse fazer por ela.

O menino, com sua ternura e ingenuidade, lhe perguntou o que poderia fazer para ajudá-la. Gladys pegou sua mão e rezaram juntos. Então, ele lhe deu as poucas moedas que havia conseguido nesse dia, já que considerou que faria mais falta para ela do que para ele.

Mas não para por aqui, um transeunte que viu o gesto do menino tirou uma foto que se tornou viral na internet e então o milagre aconteceu. Em apenas 4 dias, comovidos pela história de Gladys e pela extraordinária bondade de John, milhares de pessoas contribuíram com doações que chegaram a 8 milhões de shillings (uns 80.000 dólares), com os quais Gladys pagará um tratamento na Índia. Além disso, suas vidas se uniram para sempre, já que ela decidiu adotar o menino para tirá-lo das ruas e ele poder ir à escola. Para ele, Gladys se tornou na mãe que nunca pôde ter.

Que história tão bonita, não é?

Apesar da vida tão dura que as crianças levam na rua, muitos não perdem nem sua bondade, nem sua inocência, bem como qualquer outra criança, e isso definitivamente é digno de admirar. Compartilhe com seus amigos esta história magnífica e faça-os saber sobre John, Gladys, e a relação maravilhosa dos dois.

(via Perfeito)

Tags:
EsperançaexemploValores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
CONFESSION, PRIEST, WOMAN
Julio De la Vega Hazas
Por que não posso me confessar diretamente com Deus?
7
Anna Gębalska-Berekets
O que falar (e o que não falar) a um ente querido com câncer
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia