Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 07 Março |
home iconAtualidade
line break icon

Brigar por política no Facebook não serve para quase nada

© public domain

Daniel R. Esparza - publicado em 23/01/17

As discussões que questionam convicções políticas desencadeiam reações neurológicas semelhantes a situações ameaçadoras

Um novo estudo conduzido pelo Instituto de estudos cerebrais e de criatividade da Universidade do Sul da Califórnia confirma o que muitos já suspeitavam: que a troca de farpas políticas no Facebook – ou, de fato, em quase qualquer cenário, online ou offline – provoca uma reação neural semelhante à que experimentamos em outras situações ameaçadoras, o que na verdade faz com que defendamos nossas crenças com o dobro de força.

Os centros emocionais e de identidade no cérebro são ativados quando são questionadas as crenças políticas que temos mais profundamente enraizadas em nossos sistemas de valores, mesmo que nos apresentem evidências convincentes que, em outras condições, mudaria nossas mentes. Ao contrário, o que ocorre é uma reação defensiva no lugar de uma abertura que pareça razoável.

Jonas Kaplan, professor assistente de pesquisa de psicologia no Instituto do Cérebro e Criatividade da Faculdade de Letras, Artes e Ciências da USC, que está liderando o projeto, explica que, em geral, as pessoas sentem que “há mais em jogo quando são discutidas crenças políticas do que quando são questionadas crenças não políticas. As crenças políticas estão ligadas a nossa identidade, ao sentido de quem somos”.

O estudo envolveu estudar as reações de 40 pessoas que se consideravam mais liberais usando ressonância magnética para observar as reações neurológicas provocadas pelo questionamento de suas crenças. Foram expostas aos participantes oito declarações políticas e oito não-políticas onde deveriam expressar a sua concordância ou discordância. Em questões não-políticas (por exemplo, que Edison não inventou a lâmpada elétrica), os indivíduos mudaram suas posições em percentagens relativamente significativas, mas não havia praticamente nenhuma mudança de mentalidade quando se referia a temas políticos.

As ressonâncias magnéticas indicaram que os participantes que não mudaram suas crenças experimentaram um aumento da atividade cerebral em áreas como a amígdala e o córtex insular: “acreditamos que a amígdala e o córtex insular, neste caso, estão refletindo a natureza emocional do fato de sentirmos desafiados. Quando alguém desafia nossas crenças mais importantes, não nos sentimos bem, e tomamos medidas para atenuar esses sentimentos negativos”, explicou Kaplan, segundo o artigo escrito por Emily Glover para Paste Magazine. “Descobrimos que as pessoas ativaram estas estruturas cerebrais mais intensamente ao serem desafiadas, e seriam menos propensas a mudar de opinião”.

Para ler o artigo completo (em Inglês), acessePaste Magazine.

Tags:
PolíticaRedes sociais
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
MIRACLE
Maria Paola Daud
Mateo se perdeu no mar… e apareceu nos braços do pai
2
MADONNA
Maria Paola Daud
A curiosa imagem da Virgem Maria protetora contra o coronavírus
3
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
4
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
5
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
6
Santo Sudário
Aleteia Brasil
Manchas do Santo Sudário são do sangue de alguém que sofreu morte...
7
BABY BORN
Reportagem local
Bebê “renasce” após ser batizado por uma médica
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia