Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Máquinas automáticas vendiam roupas por apenas 2 euros. Veja por que ninguém quis compra-las.

Compartilhar

Eu também não compraria

Tenho que compartilhar a mais nova iniciativa da organização sem fins lucrativos Fashion Revolution. Com uma ideia simples eles conseguiram atingir milhões de pessoas para uma causa importante.

A campanha começou com instalações de máquinas automáticas de venda em algumas ruas de Berlim. As máquinas chamaram atenção dos pedestres oferecendo camisetas por apenas 2 euros.

Mas isso era só o começo…

ESSA ERA UMA DAS MÁQUINAS AUTOMÁTICAS QUE VENDIA CAMISETAS POR APENAS 2 EUROS

awebic-camiseta-2-euro-1

UMA BARGANHA, NÉ?

awebic-camiseta-2-euro-2

Fonte: youtube.com

MAS O QUE ACONTECEU NÃO FOI UMA EXPLOSÃO DE VENDAS… NINGUÉM QUIS COMPRAR AS CAMISETAS…

awebic-camiseta-2-euro-3

Fonte: youtube.com

…PORQUE ANTES DE CONCLUIR A COMPRA, A MÁQUINA MOSTRAVA QUEM ESTAVA POR TRÁS DAS ROUPAS BARATAS.

awebic-camiseta-2-euro-4

Fonte: youtube.com

GERALMENTE SÃO PESSOAS MENORES DE IDADE QUE TRABALHAM CERCA DE 16 HORAS POR DIA…

awebic-camiseta-2-euro-5

Fonte: youtube.com

…PARA GANHAR 13 CENTAVOS POR HORA.

awebic-camiseta-2-euro-6

Fonte: youtube.com

awebic-camiseta-2-euro-7

Fonte: youtube.com

“VOCÊ AINDA QUER COMPRAR ESTA CAMISETA POR 2 EUROS?”, PERGUNTAVA A MÁQUINA DEPOIS DE MOSTRAR O VÍDEO

awebic-camiseta-2-euro-8

Fonte: youtube.com

ENTÃO AS PESSOAS ATINGIDAS TINHAM DUAS OPÇÕES: COMPRAR OU DOAR

awebic-camiseta-2-euro-9

Fonte: youtube.com

CLIQUE NO PLAY E VEJA A CAMPANHA EM AÇÃO

Clique e veja no YouTube

A campanha foi lançada em 24 de abril, também conhecido como Dia da Revolução Fashion. Este é o dia que lembra o desabamento do prédio Rana Plaza em Bangladesh, em 2013, onde mais de mil trabalhadores morreram enquanto faziam roupas para marcas americanas em condições desumanas.

Fashion Revolution quer chamar atenção para as condições de trabalho das pessoas que fazem as roupas que grande parte do Ocidente usa. Além do site oficial da organização, você pode encontrar mais informações no Facebook, Twitter e Instagram.

Fonte: aplus.com

SERÁ QUE AS ROUPAS QUE VOCÊ E EU VESTIMOS SÃO PRODUZIDAS ASSIM?

Este é um assunto pertinente. Eu não quero comprar roupas de empresas que exploram trabalhadores. E você? Se gostou da campanha, compartilhe com seus amigos.

 

 

(via Awebic)