Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Homem corta orelhas da esposa no Afeganistão

A Syrian woman peers out the window as she sits in a train travelling through Aleppo's devastated eastern districts for the first time in more than four years, on January 25, 2017.
It is the train's first such trip since rebels overran east Aleppo in the summer of 2012, effectively dividing the northern city into a regime-held west and a rebel-controlled east. / AFP PHOTO / George OURFALIAN
Compartilhar

Zarina, a vítima de 23 anos, foi atacada na terça-feira (31) à noite na província de Balkh por seu marido

Um homem cortou as orelhas de sua mulher em um distrito no norte do Afeganistão – informou o diretor do hospital que cuida da paciente, nesta quarta-feira (1º), à AFP.

Zarina, a vítima de 23 anos, foi atacada na terça-feira (31) à noite na província de Balkh por seu marido, que cortou suas orelhas com uma faca, relatou o diretor do Hospital de Mazar-i-Sharif, Noor Mohamad Faiz. Não se sabe a razão da agressão.

Segundo Faiz, a jovem, casada quando tinha 13 anos com um homem conhecido por seu consumo de drogas, chegou ao hospital “em estado crítico, depois de ter perdido muito sangue”.

“Suas duas orelhas foram cortadas. Vamos tentar curá-la aqui e, se não conseguirmos, vamos enviá-la para o exterior”, completou.

“O homem fugiu, e abrimos uma investigação para prendê-lo”, assegurou o porta-voz do governo de Balkh, SherJan Durrani.

Em seu leito no hospital, Zarina disse à AFP: “não quero continuar morando com ele, quero me divorciar e que ele vá para a prisão”.

(AFP)

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.