Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco
Religião

Papa Francisco nomeia nº 3 do Vaticano como delegado da Ordem de Malta

Agências de Notícias - publicado em 05/02/17

Monsenhor Becciu estará encarregado da "renovação espiritual e moral da Ordem"

O papa Francisco nomeou neste sábado o nº 3 do Vaticano, monsenhor Giovanni Angelo Becciu, como delegado especial na Ordem de Malta.

Em “estreita colaboração” com a direção interina, monsenhor Becciu estará encarregado da “renovação espiritual e moral da Ordem”, explicou o papa em sua carta de nomeação divulgada pela Santa Sé.

Seu mandato chegará ao fim quando for eleito o novo Grão Mestre, ao fim de um “capítulo geral extraordinário” que acontecerá dentro de três meses.

Enquanto isso, monsenhor Becciu será “meu porta-voz exclusivo” na Ordem, escreveu o papa, tirando assim todo o poder de monsenhor Raymond Burke, um cardeal norte-americano ultraconservador e um de seus opositores mais virulentos, cujo título de representante da Santa Sé na Ordem de Malta perde agora o sentido.

A crise da Ordem de Malta começou pela distribuição de preservativos, rejeitados pelo Vaticano, em dispensários da Ordem em países da África e em Myanmar, destinados a grupos de risco, como prostitutas.

Depois disso, houve a saída forçada, em 6 de dezembro, do número três da Ordem, o alemão Albrecht von Boeselager.

Há pouco mais de uma semana, Francisco aceitou a renúncia do Grão Mestre da Ordem de Malta, Matthew Festing, com o qual pôs fim ao insólito conflito entre a milenar congregação e o Vaticano.

Segundo a imprensa católica, Festing e o cardeal Patrono da Ordem, Raymond Burke, conhecido por suas críticas ao papa argentino, foram quem acusaram Von Boeselager de ter permitido a distribuição dos preservativos. Von Boeselager negou as acusações.

O Vaticano nomeou uma comissão em dezembro para investigar as circunstâncias da saída de Von Boeselager, o que provocou a ira de Festing, que a percebeu como uma violação à soberania da Ordem.

Em um desafio inédito à autoridade do Papa, Festing classificou a comissão de ilegítima e pediu aos membros da congregação que não colaborassem.

Nascida durante as Cruzadas, a Ordem de Malta administra mais de 100 países hospitais e dispensários, graças a 13.500 membros e 100.000 funcionários e voluntários.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
São Padre Pio de Pietrelcina
Oração de cura e libertação indicada pelo exo...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia