Aleteia

Um santuário para as almas no purgatório

Compartilhar
Comentar

O Santuário de Nossa Senhora de Montligeon, na França, é um centro mundial de oração pelos mortos

A Basílica de estilo neogótico de Notre-Dame de Montligeon, localizada na região de La Chapelle-Montligeon, na França, a poucos quilômetros da Abadia de La Trapa – onde nasceu a Ordem Cisterciense da Estrita Observância, os Trapistas –, é um centro mundial de oração pelos mortos.

Consagrada a Nossa Senhora Libertadora das Almas do Purgatório, a basílica está dedicada exclusivamente à oração pelas almas dos mortos. Tanto que todos os vitrais – feitos com paciente dedicação, de 1917 a 1971 – estão dedicados aos temas da escatologia cristã, desde o juízo final até a comunhão dos santos.

 

A basílica foi fundada pelo Padre Paul Buguet, o fundador da Obra Nossa Senhora de Montligeon, reconhecido pela Santa Sé em 1892, dedicada à oração pelas almas dos falecidos e, em particular, – como disse a breve oração do Rosário – para os mais necessitados da misericórdia divina.

Nas próprias palavras do pradre Buguet – retiradas de seus diários –, trata-se de rezar “para o que ninguém reza”, em grupos de oração que hoje já se espalharam por todo o mundo.

 

A basílica foi construída pelo arquiteto francês Maître Tessier entre 1894 e 1911, no auge do neogótico, em calcário de Poitou, com duas torres em sua fachada, de sessenta metros de altura cada uma. Está localizada no topo de uma esplanada, ao leste de Mortagne-Au-Perche.

Para visitar o site do Santuário (em francês), basta clicar aqui.

 

Compartilhar
Comentar
Boletim
Receba Aleteia todo dia