Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 25 Julho |
Santa Glodesinda
home iconCultura e Viagem
line break icon

Este artista judeu escreveu a canção perfeita de quarta-feira de cinzas

Cecilia Music - publicado em 01/03/17

A letra chama a atenção para os Salmos e o rito católico

Eu vou admitir: estive procurando uma desculpa para postar uma música do homem que é provavelmente o meu artista favorito: Matisyahu (Mateus em hebraico). Desde que meu irmão me apresentou o Live at Stubb, em 2005, eu fiquei vidrada.

Quando eu estava pensando sobre uma música para apresentar na quarta-feira de cinzas, eu sabia que o momento tinha finalmente chegado. Obviamente, muitos de nossos talentosos artistas católicos contemporâneos tocaram temas relevantes para esta data, mas foi um judeu de Nova York que realmente se destacou desta vez.

Toda Quarta-Feira de Cinzas, quando eu vou receber minhas cinzas – além de meditar sobre o pecado, a penitência e voltar-me para o Senhor – tenho esta música de Matisyahu em minha mente.

É um dia para refletir sobre a nossa morte. As cinzas são “um sinal exterior de tudo o que nos tornaremos, sendo reis ou corvos: cinzas”.

Aqui está uma grande versão de “On Nature” de Matisyahu, cantada com o PS22 Staten Island Chorus:

Para acompanhar as novidades sobre seus artistas favoritos e encontrar música nova todos os dias, siga Cecilia no Facebook.

Libby Reichert
LYRICS

On Nature

Matisyahu

There is a place in the bottom of the soul,

It’s no bread of restitution

Hearts splash fly like dough

Where there is no pollution

You would know words to hold

Folks question your solutions

Bedrock of a river that flowed

No times, present or future

We are men of nature

We are made from the earth

At the end of my eighty, I’ll return to the dirt

Just sand, just rock, dry land, fast and silent

Only bein’ only breathin’

We’re just children of believers

Type, fire and water be strong with compassion

In the morning we’re born everlasting

Like the grass by the sea

And in with the wind which knocks ya down time and again

We remain and sing

Stand until the dawn of day carries us away

As we sway through the phases of each generation

We leave our trace and then leave this station

Fierce fronts, fantasy phased

No blame, untamed or spoken

Shiggy walks through this space

On dry land that’s cracked and broken

We came to taste the rain

We’re just, widows and orphans

Not afraid to feel the pain

Or to leave behind our notions

Bathe in showers, taste the tension,

Hear the howl, climb the mountain,

Kiss the cold and heal the frozen

Read the dreams in this here dungeon

We are men of nature

We are made from the earth

At the end of my eighty, I’ll return to the dirt

Just sand, just rock, dry land, fast and silent

Only bein’ only breathin’

We’re just children of believers

There is fire in these leaves and therefore naturally,

I’m not afraid to face these seasons

‘Cuz, times change and there’s no one to blame

Even when the day is leavin’

Will you rise like a lion in the morning sun

Or will ya, just lay there bleedin’

When the time has come, return to the kingdom

Close my eyes and be screamin “freedom”

Freedom, freedom

Freedom, freedom

Freedom, freedom

We are men of nature

We are made from [freedom] the earth

At the end of my eighty, I’ll return to the dirt

Just sand, just rock, dry land, fast and silent

Only bein’ only breathin’

We’re just children of believers

We are men of nature

We are made from the earth

At the end of my eighty, I’ll return to the dirt

Just sand, just rock, dry land, fast and silent

Only bein’ only breathin’

We’re just children of believers
Children of believers

Tags:
CeciliaMúsicaQuaresma
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
Papa Francisco
Reportagem local
Papa: como não culpar Deus diante da morte de um ente querido
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
7
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia