Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Menina vira melhor amiga de idoso e o cura da depressão

Compartilhar

“Se eu não tinha mais nada para fazer no restante da minha vida, agora eu tenho ela para amar”

Dan Peterson, de 82 anos, conheceu a pequena Norah Wood, de 4, em um supermercado na Geórgia, Estados Unidos, por acaso. A menina ajudava a mãe, Tara Wood, com as compras quando acenou para o idoso e disse: “Oi, velhinho. Hoje é meu aniversário”. Mal ela sabia que o idoso passava por um processo de depressão.

Peterson conversou com Norah, mas logo os dois se despediram. Alguns minutos depois, a menina voltou até o idoso e pediu para tirar uma foto com ele. Comovida com a demonstração de carinho de um pelo outro, a mãe de Norah compartilhou a foto em sua conta no Facebook, relatando o que havia acontecido.

No meio de tantas mensagens que recebeu, uma amiga de Peterson revelou que o idoso havia perdido a esposa meses antes, estava deprimido e que a conversa com a garotinha o deixou muito feliz. Tara também contou que no dia do encontro os dois se abraçaram como se fossem velhos amigos e que o idoso disse a ela que aquele tinha sido o melhor dia dele em muitos anos.

Ao descobrir que Peterson estava com depressão, a mãe decidiu que levaria sua filha para visitar o novo amigo todas as semanas. No primeiro reencontro, Norah abraçou o idoso, mostrou a foto que eles tiraram no mercado e algumas pinturas feitas por ela – que Peterson pendurou na geladeira – e entregou alguns docinhos.

Dias depois, Norah revelou para a mãe que estava preocupada com o fato do idoso morar sozinho e perguntou se elas não poderiam comprar um cachorro para ele, “já que cachorros fazem tudo ficar melhor”. Tara achou a ideia genial. Ela comprou um cachorro de pelúcia e com a filha fez uma visita surpresa para entregar o presente. Peterson adorou e entregou à menina um bichinho de pelúcia que havia comprado para entregar a ela no almoço que tinham combinado.

“Ele disse que não tinha uma noite inteira de sono há muitos meses – tristeza, ansiedade e depressão faziam com que ele perdesse o sono, mas, desde que conheceu Norah, ele dorme rapidamente todas as noites. Ele disse que ela o “curou” e, ai meu Deus, eu estou chorando de novo…” compartilhou a mãe com seus seguidores após as trocas de carinho.

No dia do aniversário de 82 anos de Peterson, Norah levou balões, presente e bolo para comemorar a data. No Halloween, a menina foi visitar Peterson fantasiada de Minnie e posou sorridente ao lado do idoso.

Antes disso, em uma outra visita, Norah presenteou o amigo com um cobertor para que ele não passasse frio à noite. Em troca, ela ganhou de Peterson uma pulseira com uma pedra roxa, porque ele havia notado que essa era a cor preferida dela. “Se eu não tinha mais nada para fazer no restante da minha vida, agora eu tenho ela para amar”, afirmou Peterson em entrevista à TV CBS News.

menina ajuda idoso a curar depressão

 

(Via RPA. Com informações do VIX / Fotos: Arquivo Pessoal/Reprodução)