Aleteia

Mulher: você é filha amada, permita-se ser protegida pelo Pai

Compartilhar
Comentar

Talvez você se pergunte onde deixou escapar a felicidade, porque as feridas no seu coração tentam te distanciar de quem você deseja ser

Moça, não permita que alguém lhe imponha que para ser feliz é preciso estar rodeada de amigos, com suas redes sociais repletas de notificações e a agenda do fim de semana completamente lotada. A felicidade está longe desse tumulto e além de sorrisos superficiais.
Talvez você se pergunte onde você deixou escapar a felicidade, porque as feridas no seu coração parecem te julgar a todo instante e tentam te distanciar de quem você deseja ser. Ao olhar para trás percebe que não é mais a mesma e que há algum tempo deixou de sonhar, não consegue mais acreditar nas pessoas e passou a desconfiar de todos que se aproximam. E mesmo demonstrando as pessoas que as cerca que tudo está bem, existe um vazio que quanto mais você tenta preencher, só aumenta. E quando chega a noite você precisa ter sempre alguém por perto para disfarçar a solidão, porque no silencio do seu quarto você percebe que tem tudo, menos a felicidade.
Por mais que você acredite que ser feliz é um sentimento e para se sentir assim você precisa estar vivendo momentos favoráveis o tempo inteiro, a felicidade é uma decisão, é saber que momentos não dominam o meu ser. Felicidade é abrir mão das coisas passageiras e abraçar o eterno. É aceitar sua identidade de filha e permitir ser amada, cuidada e protegida por um Pai. É encontrar refúgio, abrigo e proteção. Enquanto você se esconder de Deus, se esconderá da verdadeira felicidade.
(Escrito por Amanda Batista, via Jardim da Gratidão)
Boletim
Receba Aleteia todo dia