Aleteia

Iraque: 26 pessoas são mortas em ataque suicida antes de casamento

AFP
Compartilhar
Comentar

Até o momento nenhum grupo reivindicou o atentado, mas o método de ataque lembra o grupo extremista Estado Islâmico

Ao menos 26 pessoas morreram na quarta-feira à noite quando dois homens-bomba detonaram suas cargas explosivas durante uma cerimônia anterior a um casamento ao norte de Bagdá, anunciaram a polícia e fontes médicas.

O atentado, que aconteceu na área de Al-Hajaj, zona norte da cidade de Tikrit, também deixou 25 feridos, de acordo com as mesmas fontes.

O primeiro homem-bomba detonou sua carga às 20H30 (14H30 de Brasília), em meio a vários homens. O segundo executou o ataque poucos minutos depois, informou um policial.

Estado Islâmico

Até o momento nenhum grupo reivindicou o atentado, mas o método de ataque lembra o grupo extremista Estado Islâmico (EI), que executa ações suicidas com frequência contra civis e integrantes das forças de segurança do Iraque.

Após a ofensiva de 2014, o EI chegou a controlar regiões ao norte e ao oeste de Bagdá, incluindo territórios da província de Saladino, cenário do ataque de quarta-feira, mas as forças iraquianas conseguiram reconquistar a maior parte da área, com o apoio aéreo da coalizão internacional antijihadista liderada por Washington.

As forças iraquianas lutam agora para retomar a cidade de Mossul, o maior reduto urbano do Estado Islâmico no país. Mas as vitórias militares contra os extremistas não conseguem impedir os atentados dos insurgentes.

(AFP)

Compartilhar
Comentar
Boletim
Receba Aleteia todo dia