Aleteia

Por que devemos deixar as crianças brincar e se sujar na terra

Shutterstock
Compartilhar
Comentar

4 maneiras de ajudar seus filhos a desenvolver sistemas imunológicos mais saudáveis

 

É raridade, mas ocasionalmente alguém me pergunta o que é preciso para ser uma boa mãe. Rapidamente, penso em algo que me faz parecer uma adulta responsável.

“A paciência é importante. E não perca ninguém quando você estiver em uma viagem de família”. Depois de uma longa pausa, eu completo, “deixá-los brincar na terra funciona muito bem para mim, e espero que continue funcionando pelos próximos 18 anos. São quatro contra dois aqui”.

Felizmente, a última parte do conselho é realmente muito boa. De acordo com um artigo de Brandie Weikle, nossos filhos precisam se sujar. Ela recebe o apoio de Marie-Claire Arrieta, uma microbiologista e autora do novo livro, Let Them Eat Dirt: Salving Our Children from an Oversanitized Word, que acredita que manter as crianças super limpas não faz bem.

Quando se trata de limpar constantemente os seus pequeninos, Arrieta diz: “Quando nascemos, não temos micróbios. Nosso sistema imunológico está subdesenvolvido. Mas assim que os micróbios entram em cena, eles iniciam nosso sistema imunológico para funcionar corretamente. Sem micróbios nosso sistema imunológico não pode combater bem as infecções”.

Isso funciona fantasticamente para mães como eu, que não são particularmente rápidas quando se trata de limpar a manteiga de amendoim antes que endureça na roupa do bebê. Essas novas descobertas devem ser um refúgio bem-vindo para os pais.

Ao longo dos últimos oito anos, meu marido e eu involuntariamente expomos nossos quatro filhos a ambientes menos limpos, sem sentir muita culpa. Aqui estão algumas dicas para ajudar a mãe ou o pai a relaxar:

  1. Comece com um animal de estimação agradável, e sujo

Eu estava hesitante para comprar um cachorro. Por quê? Pelo nos lençóis. Pelo no bebê. Pelo em todos os lugares. Meu marido adorava a ideia. Acontece que ele estava certo. Um estudo recente na Finlândia descobriu que as crianças que crescem em casas com um animal de estimação são menos propensas a ficar doentes. Dr. Eija Bergroth, que ajudou a executar o estudo disse: “Nós pensamos que a exposição a animais de alguma forma amadurece o sistema imunológico, então quando a criança encontra os micróbios, ela pode estar mais bem preparada para eles”.

  1. Olhe para seus rostos, não para suas roupas

Kim Bongiornio entende de crianças desarrumadas. Uma blogueira ocupada e escritora freelance em Let Me Start By Saying, ela também trabalha o tempo inteiro cuidando de seu filho e filha. Mas ela sabe que ter filhos felizes é mais importante do que ter filhos super limpos. Ela diz: “Eu notei que quanto mais desarrumados estão os meus filhos, mais felizes eles estão. Quando meu filho está coberto de sujeira após o futebol e minha filha está coberta de manchas de tinta sempre presente em seus braços, seus sorrisos são enormes. E isso é muito mais importante para mim do que roupa sem manchas e persegui-los com desinfetante na mão o tempo todo!”.

  1. Lembre-se de que você sobreviveu à sua infância

Meredith Spidel, blogueira da The Mom of the Year e mãe de dois, relaxa ao redor de seus pequenos criadores de sujeira lembrando-se de que às vezes as atividades mais sujas formam as melhores lembranças. Ontem a minha garota estava brincando com a vizinha, me pedindo vários copos para que elas pudessem fazer “lama de neve”. Eu tinha alguns pratos divertidos para lavar esta manhã, MAS me lembrei de como eu fazia as mesmas coisas quando eu tinha sua idade de 5 anos – e quão inestimável era a hora da brincadeira.

  1. Descarte a regra de 5 segundos

Quando eu era mãe de primeira viagem, deixar meu bebê comer algo do chão era impensável. Agora? Nem temos uma regra de 5 segundos. A quarta criança passeia regularmente e coloca brinquedos questionáveis ​​e pedaços de comida em sua boca, e o que eu faço? Nada. Bem, eu costumo continuar bebendo meu café e lendo artigos sobre como ser uma mãe melhor. Mas é isso. Mary Ruebush é uma instrutora de imunologia em microbiologia que escreveu o livro Why Dirt Is Good. Suas descobertas respaldam a ideia de que está tudo bem deixar nossos filhos comer algo menos saboroso. Ela escreve: “O que uma criança está fazendo quando ela coloca as coisas em sua boca está permitindo que sua resposta imune explore seu ambiente. Isto não só permite a ‘prática’ das respostas imunes, que serão necessárias para a proteção, mas também desempenha um papel crítico no ensino da resposta imune imatura, que é mais ignorado”.

Então, pais, levem seus filhos para fora e os deixem brincar mais na terra. É a coisa responsável a fazer.

 

 

Compartilhar
Comentar
Temas deste artigo:
educacaofamiliafilhossaude
Boletim
Receba Aleteia todo dia