Aleteia

Polícia dos EUA procura homem que transmitiu assassinato pelo Facebook

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou nesta terça-feira pela primeira vez um ataque nos Estados Unidos, cujos dois autores foram mortos depois de atirar em um evento considerado anti-islâmico no Texas, e advertiu que realizará novos atentados

Compartilhar
Comentar

A polícia da cidade americana de Cleveland buscava neste domingo um homem que supostamente transmitiu ao vivo pelo Facebook um assassinato.

“O suspeito transmitiu um assassinato pelo Facebook Live e assegurou ter cometido vários homicídios que devem ser verificados”, explica a polícia de Cleveland (Ohio, norte dos EUA) em sua conta no Twitter.

O homem, identificado como Steve Stephens, de 37 anos, fugiu em um Ford modelo Fusion branco, disseram as autoridades.

“Todo mundo está procurando Steve. Queremos que isso acabe tão pacificamente quanto possível e queremos que se entregue”, declarou em uma coletiva de imprensa o chefe da polícia da cidade, Calvin Williams.

“Vamos procurá-lo até que o encontremos”, disse ele, especificando que as forças locais trabalham em coordenação com as do estado de Ohio e o FBI.

“Queremos dizer a ele que sabemos quem ele é e que vamos detê-lo em algum momento”, afirmou o prefeito Frank Jackson.

A imprensa local diz que Stephens se vangloriou no Facebook de ter matado mais de uma dúzia de pessoas em um massacre durante a Páscoa.

(AFP)

Compartilhar
Comentar
Boletim
Receba Aleteia todo dia