Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 27 Julho |
São Galactório
home iconAtualidade
line break icon

Em 50 anos, mobilidade social cai fortemente nos EUA, indica estudo

SkyPics Studio

Agências de Notícias - publicado em 24/04/17 - atualizado em 24/04/17

Em uma amostra do esvaziamento do “sonho americano”, apenas metade das crianças nascidas em 1984 nos Estados Unidos conseguiram ter uma renda melhor do que a dos seus pais, contra 92% dos nascidos em 1940, apontou uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira.

A responsabilidade deste fenômeno recai em uma pior distribuição dos frutos do crescimento econômico, indicou o estudo, publicado na revista Science.

“A perspectiva de que os filhos ganhem mais do que seus pais diminuiu no último meio século”, acrescentou o texto, chefiado por Raj Chetty, da Universidade de Stanford.

As famílias de classe média foram as mais afetadas.

Por haver poucos dados que vinculem diretamente as rendas de pais e filhos, os pesquisadores combinaram estatísticas do censo de população com registros de impostos, ajustados pela inflação e outras variáveis.

A queda mais aguda da renda dos filhos em relação a dos pais foi na área industrial do Meio Oeste, em estados como Indiana e Illinois, e a menor diferença foi em Massachusetts, Nova York e Montana.

“Na nossa opinião, um crescimento econômico mais forte é necessário mas não suficiente para restaurar essa mobilidade de renda”, afirmaram os autores da pesquisa.

“A pesquisa sugere que, para aumentar a mobilidade, as autoridades deveriam se concentrar em aumentar a renda da classe média e dos setores menos favorecidos”, consideraram.

O estudo recomenda facilitar o acesso à educação, fundamentalmente nas universidades públicas, aumentar o salário mínimo e as ajudas para que famílias pobres com crianças se mudem para bairros com melhores escolas, entre outras políticas públicas.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
CONFESSION, PRIEST, WOMAN
Julio De la Vega Hazas
Por que não posso me confessar diretamente com Deus?
7
Anna Gębalska-Berekets
O que falar (e o que não falar) a um ente querido com câncer
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia