Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

A irmãzinha de Santa Teresinha rezou e obteve a cura da doença da tia

SANTA TERESINHA
PD
A santa família de Santa Teresinha do Menino Jesus
Compartilhar

O intercessor foi o grande São José, que nunca deixa de advogar por quem lhe pede ajuda

São Luís e Santa Zélia Martin, pais de Santa Teresinha do Menino Jesus, tinham outras filhinhas. Uma delas, chamada Maria, estava se preparando para a primeira comunhão. Na mesma época, a Irmã Maria Dositeia, tia da pequena, sofria de tuberculose. Um dos conselhos mais veementes que Zélia dava à filha era o de rogar a Deus pela cura da Irmã Dositeia.

Repetia ela a cada passo: “No dia da primeira comunhão, alcança-se tudo o que se pede“.

A criança assim o entendeu. Estudou o catecismo com entusiasmo e fez uma verdadeira ofensiva de orações e sacrifícios. Estava certa do milagre, como se já o visse feito. O que ela queria, em sua ingênua teimosia, era, se fosse necessário, fazer mudar a vontade de Deus. São José lhe servia de advogado.

Chegou, enfim, o grande dia da primeira comunhão: 2 de julho de 1869. A pequena ainda não completara nove anos e meio. Falando da neo-comungante, dizia a mãe:

Ah, como ela estava bem preparada! Parecia uma santinha! O padre capelão me disse que estava muito satisfeito com ela e lhe deu o primeiro prêmio de catecismo.

Maria, após a comunhão, dizia que havia rezado tanto pela tia Dositeia que tinha a certeza de ser ouvida por Deus.

Realmente a tia começou a melhorar: as lesões pulmonares foram cicatrizando rapidamente. Mais tarde, havia de dizer à sobrinha:

– É a você que devo estes sete anos de vida.

A pequenina, por seu lado, atribuía as honras da cura a São José, tanto que, na confirmação, quis que acrescentassem ao seu nome o de Josefina.

________

A partir de “Tesouro de Exemplos”, do pe. Francisco Alves