Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

10 atitudes do verdadeiro devoto de Nossa Senhora

union de priere
Compartilhar

O verdadeiro devoto de Maria receberá toda graça e bênção celestial e, depois da morte, terá o Céu como recompensa!

É, sem dúvida, imensa a felicidade daqueles que são verdadeiros devotos da Mãe de Deus, pois viverão sempre felizes: receberão todas as graças e bênçãos celestiais e, depois da morte, terão o Céu como recompensa.

Vejamos o que faz o devoto de Maria:

1) Antes de tudo, ele procura conhecer bem a vida e as virtudes de sua Mãe. Há de ler livros que falam do poder, da grandeza e da bondade dela. Não é possível que haja quem não conheça de perto e a fundo o extraordinário prodígio que é a Mãe de Jesus.

2) O devoto da Virgem Imaculada recorre muitas vezes a ela. Conversa familiarmente com sua Mãe, como faz o bom filho com sua mãe terrena. Confia a ela suas mágoas, seus aborrecimentos, suas dúvidas e receios, na certeza de que ela se interessa por ele e o ajuda. Nossa Senhora gosta que confiemos cegamente nela e que lhe peçamos muitas graças.

3) O devoto de Maria gosta de visitá-la nas igrejas e santuários. Aprecia as suas imagens. Faz romarias aos lugares especiais onde ela atende tantas vezes tão maravilhosamente.

4) Aquele que ama a Virgem Maria conhece as principais festas marianas e se prepara bem para elas, com orações especiais, mortificações e novenas.

5) O devoto da Virgem Santíssima traz com devoção ao menos uma medalha com a sua efígie. Inscreve-se em confrarias marianas, procura receber o escapulário de Nossa Senhora do Carmo e o veste com todo o fervor.

6) O devoto da Imaculada agradece por não ter sido abandonado, apesar das suas muitas ingratidões. Agradece pelos numerosos benefícios obtidos por intermédio dela: todas as graças que temos recebido passaram pelas mãos maternais de Maria.

7) O devoto de Maria gostará de rezar o terço, oração predileta da Rainha do Santo Rosário. Cantará com prazer cânticos marianos e apreciará tudo o que se refere à Mãe Celestial.

8) Quem ama de fato a Maria se entregará totalmente a ela com uma consagração irrevogável. Fará tudo para lhe agradar. Ficará feliz por sabê-la tão grande, tão poderosa, tão bela e tão feliz. Dirá muitas vezes: “Maria, sou vosso e vosso quero ser sempre!”

9) O devoto de Maria procurará evitar tudo o que possa ofender a ela e ao seu Filho Jesus.

10) Por fim, e isto é o essencial, o devoto da Virgem Maria procurará imitá-la: procurará copiar as suas virtudes e ser semelhante a ela na medida de suas forças.

Quanto mais agradáveis formos a Maria, tanto mais alegraremos o coração de Nosso Senhor.

Considere-se o verdadeiro devoto da Mãe de Deus muito feliz, pois terá todos os auxílios necessários e abundantes neste mundo e a glória celestial no outro.

Como Maria Santíssima é boa!

__________

A partir de texto do frei Cancio Berri, C. F. M