Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Este mês Francisco pede pelos cristãos da África, para que sejam testemunhas de paz

Compartilhar

O Papa e sua Rede Mundial de Oração apresentam a 17ª edição de O Vídeo do Papa

A África geralmente não é o foco da cobertura de notícias que ocorrem diariamente em todos os cantos do mundo. No entanto, o Papa Francisco, na edição de maio de O Vídeo do Papa, pelo qual ele expressa intenções de oração mensais, decidiu chamar a atenção para o drama em que vivem milhares de africanos.

“Não podemos deixar de ver as guerras fratricidas que causam tantas vítimas inocentes entre as populações e destroem essas riquezas naturais e culturais”, alerta o Papa. “Vamos nos unir aos nossos irmãos desse grande continente e pedir juntos pelos cristãos da África, para que deem um testemunho profético de reconciliação, de justiça e paz, imitando Jesus Misericordioso”, exorta ao finalizar o vídeo.

Sem limitar suas palavras exclusivamente aos problemas que os habitantes desse continente vivem, Francisco fala do enorme patrimônio intelectual, cultural e religioso dessas nações: “Quando olhamos a África vemos muito mais que suas grandes riquezas naturais”.

Ele enfatiza a alegria de viver e os motivos de esperança que caracterizam o seu povo. Mas, ao mesmo tempo, salienta a necessidade urgente de acabar com os conflitos que colocam em sério risco a vida das pessoas e a vitalidade desse patrimônio.

Em novembro de 2015, o Santo Padre visitou Quênia, Uganda e a República Centro-Africana e já havia expressado sua preocupação com a crescente violência nesses países. “Serão vencedores das batalhas mais difíceis com o amor. Deixar o país não é uma solução. Vocês devem ser valentes no amor, valentes no perdão, valentes em fazer a paz”, acrescentou.

“O Papa também denunciou o vergonhoso silêncio sobre os massacres no Kivu do Norte (República Democrática do Congo). Estive nesta região em janeiro deste ano: existem leigos, religiosos, sacerdotes que buscam corajosamente formas de diálogo e de paz, denunciando os interesses de muitos e arriscando suas vidas. Para todos eles as palavras e a oração de Francisco são um grande apoio” disse o Pe. Frédéric Fornos, SJ Diretor Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa e do Movimento Eucarístico Juvenil.

As intenciones de oração são confiadas mensalmente a Rede Mundial de Oração do Papa. O Vídeo do Papa é produzido pela La Machi Comunicación para Buenas Causas com o apoio da Compañía de JesúsIndigoMusic, GettyImagesLatam, Fundación Harambee e a colaboração do Centro Televisivo Vaticano. Tem também como parceiro de mídia a Aleteia. Desde seu lançamento em janeiro de 2016, teve mais de 13 milhões de visualizações em suas redes próprias.

O Vídeo do Papa é possível graças à contribuição altruísta de muitas pessoas. Neste link você pode fazer a sua doação.

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.