Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 23 Abril |
Bem-aventurada Maria Gabriela Saghéddu
home iconEspiritualidade
line break icon

O que fazer quando você sente que chegou ao seu limite? Esta oração dá uma pista

© SC Designs/SHUTTERSTOCK

Catholic Link - publicado em 04/05/17

Um lindo poema, que virou uma oração, vai ajudar quando você estiver sem o controle das situações mais difíceis

Eu estava terminando de jantar quando o telefone tocou. Uma amiga muito querida queria compartilhar comigo algo que lhe doía na alma. Pouco a pouco, as lágrimas começaram a brotar e veio uma súplica: “Padre, fiz tudo que estava ao meu alcance. Não sei o que mais posso fazer. Será que Deus não vê que eu não tenho mais forças?”

Mais tarde, depois de rezar e receber a bênção eucarística, eu estava no meu quarto quando recebi outra chamada. Uma mãe que passou semanas suportando a dor de uma filha rebelde que vive uma relação tóxica. Ela comentava que a moça tinha deixado a casa dela.

A mãe, então, foi buscar a filha em uma festa. Quando a moça a viu, chamou os amigos, que começaram a discutir e brigar com a mãe, que me dizia: “Cheguei ao limite. Não sei mais o que fazer”.

Sinceramente, eu não tinha palavras de consolo nem de solução. Dormi pouco, dando voltas nestas situações e em muitas outras que as pessoas compartilham comigo. No fundo, ficam estas perguntas: “O que fazer se cheguei ao limite de minhas possibilidades? Render-me? Deixar de lutar?”

Fiquei pensando nisso até que me lembrei deste poema (oração) composto pelo beato John Henry Newman, intitulado “O pilar da nuvem”:

“Guia-me, amável Luz, entre a escuridão que me rodeia. Guia-me! A noite está escura e eu estou longe de casa. Guia-me!

Cuida de meus passos; não posso ver a paisagem distante. Um passo é o suficiente para mim.

Não foi sempre assim. Nem sempre pedi que me guiasses; amava escolher e ver o meu caminho. Mas agora, guia-me!

Amava o dia brilhante, e, apesar dos medos, o orgulho regia minha vontade. Não lembres os anos passados!

Teu poder protegeu-me durante tanto tempo, certamente seguirá guiando-me.

Entre terrenos ermos e pântanos, entre precipícios e correntezas, até que a noite se vá,

e, ao amanhecer, os anjos sorrirão, os que eu amei desde muito tempo e os que há muito tempo perdi !”

Vou te falar sobre o contexto desse poema: John Henry Newman (1801-1890) era um sacerdote anglicano que, estudando a história de sua fé, foi descobrindo que a fé católica era mais assertiva e firme.

Esta experiência de busca da verdade foi derrubando os pilares aparentemente firmes da vida dele. Ele sabia que aceitar a fé católica acarretaria um rompimento com seus amigos e familiares, seu prestígio como sacerdote anglicano e professor da Universidade de Oxford viria a nada. O que fazer? Que passo dar?

Um dia, ele estava viajando de barco pela costa da Sicília e a crise chegou ao seu extremo. Estava doente tanto de corpo quanto de espírito, inclusive contam que a travessia estava rodeada por um céu escuro e as ondas balançavam violentamente a embarcação.

Esses versos brotaram do mais profundo do seu coração e foram inspirados no livro do Êxodo, que narra como Deus conduziu o povo de Israel no meio do deserto, como uma coluna de nuvem durante o dia e como uma coluna de fogo à noite (Éxodo 13, 21-22).

Quando ele sentiu que não aguentava mais e que já não tinha mais o controle da situação, suplicou ao Senhor que fosse seu guia em meio à escuridão.


Por Pe. Alexis Gatica, LC
Fragmento de um artigo originalmente publicado porCatholic Link, traduzido e adaptado ao português

Tags:
DeusTestemunho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
ROBERTO CARLOS
Ricardo Sanches
A música que Roberto Carlos cantou no próprio aniversário de 80 a...
2
Imagem de Nossa Senhora na Síria
Reportagem local
Freiras na Síria redescobrem oração de 700 anos contra epidemias
3
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
4
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma gestação rara
5
Broken Mary
Reportagem local
Nasce (e cresce) nos EUA a inspiradora devoção a “Nossa Senhora D...
6
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
7
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia