Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 20 Setembro |
home iconEstilo de vida
line break icon

A hipertensão arterial e a prática religiosa

Douglas Scortegagna-CC

Vanderlei de Lima - Igor Precinoti - publicado em 11/05/17

Diversos estudos demonstram a importância dos hábitos de vida na prevenção e no tratamento da hipertensão arterial

Segundo a Organização mundial da Saúde, um em cada três adultos sofrem com “pressão alta”, a hipertensão arterial.

Ora, a hipertensão arterial é um dos fatores mais importantes para as doenças cardíacas ou o derrame cerebral e segundo estudo da Global Burden of Disease, em 2000, ocorreram 7,6 milhões de mortes em todo o mundo decorrentes de pressão arterial elevada.

Para melhor entender o problema, vamos a uma importante comparação: os vasos sanguíneos podem ser assemelhados a mangueiras de água ligadas a uma torneira. Se alguém pisar na mangueira ou obstruir uma ponta, a pressão de água dentro da mangueira aumenta. Também no caso dos vasos sanguíneos, se ocorrer algum estreitamento, a pressão aumenta igualmente. Esse aumento da pressão é denominada hipertensão arterial

Ela afeta os vasos sanguíneos e devido a essa agressão tais vasos podem se romper ou entupir. Quando esse entupimento acontece nos vasos do coração, temos o infarto, quando o entupimento ou um rompimento ocorre no cérebro, há o derrame (chamado de Acidente Vascular Cerebral – AVC).

No entanto, tudo isso pode ser prevenido. Sim, diversos estudos demonstram a importância dos hábitos de vida na prevenção e no tratamento da hipertensão arterial, dentre eles podemos citar: a prática de atividades físicas: estudos demonstram que uma pequena caminhada de 20 minutos, 3 vezes por semana, já mostra bons resultados na prevenção da hipertensão; evitar alimentos muito gordurosos e muito salgados; fugir da ingestão excessiva de bebidas alcoólicas; interromper o tabagismo; combater a obesidade etc.

Além dessas importantes e oportunas recomendações, há muito tempo pesquisas científicas vêm demonstrando que a prática religiosa também pode ser uma ferramenta na prevenção e no combate a hipertensão arterial.

Uma revisão de estudos científicos que associam religiosidade e saúde foi publicada, em 2012, na International Scholarity Research Network Psychiatry, e nesse trabalho foram encontrados 39 estudos de alta qualidade que avaliavam a relação entre a pressão arterial e a prática religiosa. Dentre os 39 estudos, 24 (62%) observaram que indivíduos religiosos apresentavam menores índices de hipertensão arterial.

Mais: um trabalho muito interessante, publicado ainda em 1978, no Journal of Behavioral Medicine,demonstrou o seguinte: entre os indivíduos religiosos, aqueles que frequentavam a igreja assiduamente apresentavam os níveis de pressão arterial mais baixos, em comparação com não frequentadores. Estes tinham pressão arterial mais elevado, ficando, portanto, com a saúde em perigo.

Daí se vê, ante a ciência médica, que não basta apenas se autoafirmar religioso(a), ao responder um censo ou qualquer outro questionário de pesquisa, pois os benefícios da fé e da espiritualidade só são eficazes naqueles que, realmente, frequentam, com regularidade, as atividades religiosas estipuladas pelo seu Credo.

Aqui, não se pode deixar de lembrar dois pontos importantes no que toca à religião. O primeiro é o de que ela é a religação – conforme a própria etimologia aponta – do ser humano com Deus, o Pai amoroso que nos chama a ser filhos por meio de seu Filho Jesus Cristo (cf. Gl 4,5). Portanto, a prática religiosa não há de ser buscada como um “pronto-socorro” aos nossos problemas, mas, sim, como culto a Deus que, por ser Deus, merece louvor, independentemente de tudo o mais.

O segundo diz respeito ao chamados “católicos não praticantes”, ou seja, àquelas pessoas batizadas, crismadas e com a primeira Eucaristia ou até casadas no religioso, mas que por alguma razão, séria ou não, se afastaram da comunidade e, por consequência, dos sacramentos. A estes é preciso lembrar o que ensina São Leão Magno († 461): “Reconhece, ó cristão, a tua dignidade!”, ou seja, você é filho(a) de Deus. Volte à casa do Pai a fim de receber d’Ele bens à alma e ao corpo. Eis o convite!

Vanderlei de Lima é eremita na Diocese de Amparo; Igor Precinoti é médico, pós-graduado em Medicina Intensiva (UTI), especialista em Infectologia e doutorando em Clínica Médica pela USP.

Tags:
DoençaMeditaçãoOraçãoSaúde

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
7
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia