Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 17 Junho |
São Ranieri de Pisa
home iconAtualidade
line break icon

Embaixador brasileiro na Venezuela volta a Caracas, em gesto de ‘boa vontade’

RONALDO SCHEMIDT / AFP

Agências de Notícias - publicado em 17/05/17 - atualizado em 17/05/17

O embaixador brasileiro na Venezuela, Ruy Pereira, reassume o cargo na próxima segunda-feira (22), após o congelamento das relações bilaterais em agosto de 2016, devido às críticas de Caracas ao impeachment da então presidente Dilma Rousseff – anunciou o ministro da Defesa, Raul Jungmann, nesta quarta (17).

“Na próxima segunda-feira, o embaixador do Brasil, num gesto de boa vontade do Brasil, estará reassumindo seu lugar na Venezuela”, declarou Jungmann, em referência à profunda crise política, social e econômica, pela qual passa o país caribenho.

“Você não pode perder nenhuma possibilidade de ajudar na mediação”, alegou, insistindo em que o Brasil deve ajudar a encontrar “canais de interlocução”.

Segundo Jungmann, o Brasil passou a acolher entre 6.000 e 8.000 venezuelanos por dia.

A maioria entra e sai, cruzando a extensa fronteira comum de 2.200 quilômetros, mas outros ficam.

O fluxo de pedidos de refugio saltou de um único pedido em 2010 para 1.805 no ano passado.

Citando um trabalho acadêmico, Jungmann disse que um conflito no vizinho caribenho poderia levar ao deslocamento de até 2,5 milhões de pessoas, a maioria para a Colômbia.

“Isso dá uma ideia da preocupação que temos”, afirmou.

“Tem que torcer para o melhor, mas se preparar se alguma coisa acontecer que piore a situação. E uma piora da situação significa uma pressão migratória. E aí nós temos que ter estruturas para receber, acolher essas pessoas” na fronteira, ressaltou o ministro em uma entrevista coletiva com correspondentes estrangeiros.

O Brasil prepara um plano de de contingência para uma crise migratória em sua fronteira com a Venezuela, caso o conflito político e social no vizinho se agrave, anunciou Jungmann.

O representante brasileiro em Caracas havia sido convocado para consultas no mesmo dia em que o governo venezuelano anunciou a retirada de seu embaixador e que o presidente Nicolás Maduro ordenou o congelamento dos vínculos políticos e diplomáticos.

A reação contra o impeachment, que pôs fim a um ciclo de mais de 13 anos da esquerda brasileira no poder, gerou atrito com os governos de Bolívia, Equador e Cuba, os quais se identificam com o ideal socialista.

O longo período que Caracas ficou sem um embaixador brasileiro em seu território foi definido como “uma medida diplomática incomum” por uma fonte do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Desde o início dos protestos contra Maduro, em 1º de abril, uma espiral de violência se formou, resultando em 42 mortes até agora. Não há sinais de que o fim desses confrontos esteja perto.

O Brasil teve um papel decisivo no processo de suspensão da Venezuela do Mercosul, ao acusá-la de não cumprir seus compromissos comerciais e políticos – entre eles a causa democrática do bloco.

Também manifestou, reiteradamente, sua preocupação com denúncias de violações dos direitos humanos e com a adoção de medidas de exceção por parte do governo.

Consultado pela AFP, um assessor do Itamaraty garantiu que o regresso do embaixador “é um tema que está em estudo, mas ainda não foi tomada nenhuma determinação a respeito”. Mais cedo, o MRE havia dito não dispor de informações sobre o assunto.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
3
POPE FRANCIS - PENTECOST MASS - SUNDAY
Comunidade Shalom
Depois da Comunhão, o que (e por quem) é mais aconselhável rezar?
4
Reportagem local
Poderoso filme de 1 minuto sobre casamento rende prêmio a cineast...
5
PASSION OF THE CHRIST
Cerith Gardiner
7 provações e tribulações que Jim Caviezel enfrentou ao interpret...
6
Reportagem local
Papa Francisco explica quais são os piores inimigos da oração
7
Nhá Chica
Aleteia Brasil
A beata brasileira Nhá Chica e sua singela explicação: “É p...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia