Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Você merece mais do que migalhas

Antonio Guillem
Compartilhe este artigo para ter a chance de ganhar uma peregrinação a Roma
Compartilhar
Compartilhei
Compartilhamentos

Casais de namorados que se ferem, gente que sai à caça nas baladas e nos aplicativos de relacionamento, que aceita receber muito menos do que sabe que merece...

Estamos acostumados a ver casais de namorados que se ferem, terminam e reatam da noite para o dia. Estamos acostumados a ver pessoas que engatam um namoro atrás do outro. Gente que sai à caça nas baladas e nos aplicativos de relacionamento. Quem aceita receber muito menos do que sabe que merece. É. O problema é este: acostumamos demais.

No descompasso da vida, as frustrações acumuladas fazem com que muitos se tornem susceptíveis a aceitarem qualquer coisa. O interessante é que nos questionamos diariamente onde está o amor de verdade. Quando foi a última vez que recebemos flores? Um cartão com frases que não foram copiadas da internet? Um gesto de delicadeza mínimo e singular? Do tipo sem preço e elaborado sem pressa.

Endurecemos tanto assim?

Há também quem fique presa ao tipo que vive em cima do muro. Aquele homem que não se decide. A questão é: não se brinca com sentimentos alheios, e quem não é capaz de tomar uma decisão, já está tomando uma. Relacionamento de verdade inclui esforço, escolhas e renúncias, e quem não sabe que rumo tomar, precisa ter o mínimo de respeito e consideração para não empacar a vida da outra pessoa. É necessário atitude e delicadeza para deixar tudo em pratos limpos. O amor inclui esperas, sim, mas não queremos esperar eternamente. Não devemos.

Lindo mesmo é olhar para o lado e encontrar alguém que escolheu ficar. Alguém para quem valha a pena doar seu tempo e seu afeto. A quem você não tenha que se esforçar demais para caber no mundo dele. Em uma parceria de verdade, ganhamos flores e aconchego. É justo que seja assim. Com manifestações concretas de carinho.

Amor não se implora. Existem os conflitos, é claro, e existem todas as alegrias e frustrações de uma vida a dois. Vem no pacote. Por isso mesmo, tem que colocar terra no vaso e regar todo dia. Os dois. É assim: é aprendizado, ninguém chega pronto. O que não dá é pra ficar economizando mimos, ter medo de expressar sentimentos, ou viver em uma eterna espera, que te anula, que te fere. Não. Temos que viver o relacionamento com o outro em toda a sua imensidão. Tão humana. Tão divina.

Sabe o quê? Seja a pessoa que Deus te chama a ser. Só aceite o amor se ele vir do tamanho que você merece. E nunca mais se contente com migalhas.

(Por Marília Saveri, via Shalom)

Selecione como você gostaria de compartilhar.

Compartilhar
* O crédito para artigos compartilhados será fornecido somente quando o destinatário do seu artigo compartilhado clicar no URL de referência exclusivo.
Clique aqui para mais informações sobre o Sorteio da Aleteia de uma Peregrinação a Roma

Para participar do Sorteio, você precisa aceitar os Termos a seguir


Ler os Termos e Condições