Aleteia

O Papa dos tuítes

© Antoine Mekary / ALETEIA
Pope Francis General Audience May 17, 2017 © Antoine Mekary / ALETEIA
Compartilhar

O Papa Francisco é a personalidade mundial mais influente da rede social Twitter, com mais de 33 milhões de seguidores

De acordo com o estudo Twiplomacy 2017, que foi divulgado pela agência de comunicação global Burson-Marsteller, o papa Francisco ficou em primeiro lugar entre os líderes mundiais conectados no Twitter. O pontífice tem nove contas nesta rede social designadas a difundir suas mensagens em nove idiomas, do latim ao francês. Somadas, estas contas reúnem um surpreendente número de seguidores: 33.716.300 no total.

Quem vem depois de Franciso no ranking deste estudo é o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump com 30.133.000 followers. Em terceiro lugar está o primeiro ministro indiano, Narendra Modi, cujas contas oficiais têm 30.058.000 seguidores.

O perfil oficial do papa Francisco no Twitter, cujo conteúdo é publicado em inglês, tem 10,8 milhões de seguidores. A conta para os tuiteiros franceses concentra 782 mil pessoas, enquanto que a edição em português tem 2,7 milhões. O perfil com conteúdos em espanhol bate todos os recordes: 12,5 milhões de seguidores.  Há também os perfis do Pontífice em italiano, alemão, polaco, árabe e latim.

Ao contrário de Donald Trump, que gerencia – ele mesmo – suas contas nas redes sociais, Francisco delega esta tarefa aos serviços de comunicação do Vaticano. Pela pesquisa, o Pontífice ocupa a terceira posição em números de retuítes (10.337 retuítes em média).

Este resultado incrível é uma prova adicional da vontade do Santo Padre de dirigir-se ao mundo inteiro utilizando todos os meios e retirando cada vez mais as barreiras protocolares. O “Santo Padre 2.0” se transformou, graças à sua intuição, na personalidade política e religiosa por excelência de sua era. E isso em tão poucos anos.

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia