Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa Francisco pede o fim do comércio de armas

Compartilhar

Esta é a intenção de oração do Papa em junho, divulgada por ele em seu vídeo mensal

O Vídeo do Papa lançado pela Rede Mundial de Oração do Papa, convertido em um clássico mês a mês, apresentou este mês uma intenção que dará o que falar: “Eliminar o comércio de armas”.

“É uma absurda contradição falar de paz, negociar a paz e, ao mesmo tempo, promover ou permitir o comércio de armas”. Francisco inicia o vídeo desta maneira, fazendo alusão não só a problemática, mas também a hipocrisia dos governos que parecem não se comprometer em solucionar este drama global.

Durante o vídeo, que relata esta dualidade entre firmar acordos de paz e continuar vendendo armas para sustentar guerras sem necessidades, o Papa chega a se perguntar si as guerras existentes são inclusive por problemas reais, “ou são guerras comerciais para vender armas no comércio ilegal e para enriquecer os comerciantes da morte?”.

Rezemos com o Papa Francisco.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.