Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 21 Setembro |
home iconAtualidade
line break icon

Tratamento prolonga vida de pacientes com câncer de próstata avançado

Shutterstock-Rido

Agências de Notícias - publicado em 04/06/17 - atualizado em 04/06/17

A adição de uma nova droga anti-hormonal ao tratamento tradicional contra o câncer de próstata reduziu em até 38% o risco de morte entre os pacientes, segundo dois ensaios publicados neste sábado (3), que marcam um avanço importante na luta contra essa doença.

Ambos os estudos foram apresentados na conferência anual da American Society of Clinical Oncology, o maior congresso mundial sobre câncer, reunido neste fim de semana em Chicago.

A nova molécula, a abiraterona (Zytiga), dos laboratórios Janssen, combinada com a prednisona, a terapia anti-hormonal de referência para os homens diagnosticados com um tumor na próstata que fez metástase, também permite atrasar em 18 meses (de 14,8 para 33 meses) o avanço deste câncer, afirma uma destas pesquisas clínicas de fase 3, chamada LATITUDE.

Conduzida pelo médico Karim Fizazi, chefe do Serviço de Oncologia do Instituto Gustave Roussy de Paris, a pesquisa foi realizada com 1.200 pacientes em 34 países entre fevereiro de 2013 e dezembro de 2014.

O segundo ensaio clínico (STAMPEDE), dirigido por Nicholas James, professor de Oncologia Clínica no Hospital Queen Elizabeth de Birmingham, no Reino Unido, envolveu 2.000 homens, tratados nesse país e na Suíça.

Um acompanhamento realizado 40 meses depois concluiu que o risco de mortalidade tinha-se reduzido em 37%.

O estudo LATITUDE conseguiu uma redução do risco de morte de 38% após um período de acompanhamento de 30,4 meses, de modo que a expectativa de vida pode aumentar ainda mais em um período mais longo de tratamento.

– Uma necessidade enorme

“O Zytiga não só prolonga a vida, senão que reduz em 70% o risco de recidiva e em 50% o risco de complicações ósseas”, ressaltou James.

“Considerando-se a magnitude do benefício clínico, acreditamos que o tratamento padrão para os pacientes recém-diagnosticados com câncer de próstata avançado deve mudar”, acrescentou.

Fizazi destacou “a enorme necessidade não atendida de melhorar o tratamento dos homens recém-diagnosticados com um câncer de próstata metastático, que atualmente morrem em menos de cinco anos”.

O médico lembrou que os tratamentos para o câncer de próstata não experimentaram grandes evoluções nos últimos 70 anos.

A abiraterona é uma molécula que bloqueia a produção de testosterona para os testículos, a glândula suprarrenal e o próprio tumor.

Em quase todos os casos, o câncer de próstata é um tumor hormônio-dependente cujo desenvolvimento e crescimento dependem da testosterona. Para tratá-lo, deve-se evitar que esse hormônio alcance seus alvos.

– Bem tolerado

Os tratamentos anti-hormonais clássicos conseguem conter a doença durante um longo tempo, mas o câncer pode desenvolver uma resistência a esses medicamentos e invadir os ossos, provocando dores e fraturas.

De um modo geral, o Zytiga é bem tolerado e apresenta poucos efeitos colaterais, embora estes possam ser graves, como hipertensão arterial e diabetes.

“Devemos ser prudentes na utilização da abiraterona em homens que apresentam riscos cardíacos maiores”, alertou Fizazi.

Com base nesse diagnóstico, entre 10% e 15% dos pacientes apresentam metástase, em sua maioria ósseas e linfáticas.

Os resultados do ensaio clínico LATITUDE também foram publicados neste sábado na revista médica americana New England Journal of Medecine.

O câncer de próstata é a primeira causa de mortalidade masculina por câncer nos Estados Unidos, com 161.360 novos casos e 26.730 falecimentos por ano, segundo a American Cancer Society.

(Com AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
3
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
4
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
HOLY COMMUNION
Reportagem local
A Santa Missa não pode ser trocada por orações pessoais: sem ela,...
7
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia