Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Espiritualidade

Cartuxos: a fascinante ordem religiosa mais austera e silenciosa do mundo

Creative Commons

Aleteia Brasil - publicado em 13/06/17

Há quase mil anos eles sustentam a vida ativa da Igreja com a contemplação, a abnegação e um silêncio repleto de eloquência

Numa passagem do seu livro “A Estrela dos Reis Magos”, o educador brasileiro Julio Cesar de Mello e Souza, muito mais conhecido pelo pseudônimo Malba Tahan, comenta que há na cidade espanhola de Burgos um pequeno mosteiro cartuxo em cuja igreja expõe-se uma imagem do fundador, São Bruno, aclamada como obra de rara perfeição. Quem observa a imagem tem a impressão de estar em frente a uma figura viva.

Conta-se que, certa vez, um viajante visitou a igreja e, ao dar de rosto com aquela admirável imagem de São Bruno, foi incapaz de conter a admiração:

– É perfeita! Só falta falar!

– Engana-se o senhor – respondeu, respeitoso, o monge que o guiava – Esta imagem é perfeita precisamente porque não fala.

A inspirada e singela anedota evoca um dos traços mais marcantes e fascinantes do monge cartuxo.

A Cartuxa

A Ordem dos Cartuxos, também conhecida como Ordem de São Bruno, foi fundada em 15 de agosto de 1084, solenidade da Assunção de Nossa Senhora ao Céu. É uma ordem religiosa católica semi-eremítica de clausura monástica e orientação puramente contemplativa: daí o silêncio absoluto como característica dessa vocação particularmente austera.

O nome

O nome peculiar, “cartuxos”, vem da região onde os primeiros monges da ordem se instalaram: uma montanha ao norte de Grenoble Chartreuse, na comuna francesa de Saint-Pierre-de-Chartreuse, em Isère. O nome francês “Chartreuse” era traduzido ao latim medieval como “Cartusia”, e daí derivam, em português, as palavras “Cartuxa”, para indicar tanto a ordem quanto cada um dos seus mosteiros, e “cartuxos”, o termo que se refere aos monges. A “Grande Cartuxa” (“Grande Chartreuse”, que se vê na foto abaixo) é a casa-mãe da ordem, situada na mesma região francesa da fundação.

Quanto ao nome “Ordem de São Bruno”, ele vem, evidentemente, do nome do santo fundador.

O governo cartuxo

Assim com a Ordem de Cister (dos monges cistercienses, fundada por São Bernardo de Claraval), a Cartuxa é umas das primeiras ordens centralizadas da história da Igreja. Ela é governada pelo Capítulo Geral, uma assembleia que se reúne a cada dois anos. Cada mosteiro tem o seu prior, que é o superior da casa, eleito durante o Capítulo Geral. O prior pode ser mantido ou afastado do cargo conforme cumpra ou não os seus deveres satisfatoriamente, o que torna o governo da cartuxa um dos mais flexíveis e equilibrados de que se tem notícia entre instituições humanas de qualquer época e natureza.

A vocação cartuxa

Os cartuxos conciliam a vida comunitária com a própria vida contemplativa, transcorrendo os seus dias, semanas, meses e anos em silêncio absoluto. Eles, que praticam rígida abstinência e fazem frequentes jejuns, trabalham, estudam e oram, devotando a maior parte de todos os dias à adoração.

Os cartuxos formam a comunidade religiosa comumente apontada como a que professa a maior austeridade dentre todas as ordens religiosas católicas no tocante ao exigente modo de vida. Ao longo dos seus mil anos de existência, a cartuxa sempre manteve um estrito e profundo espírito de pobreza e abnegação, meios que servem aos monges e monjas cartuxos para buscarem a maior intimidade com Deus na oração e na contemplação, livres ao máximo de todo apego material e mundano.

Seu lema, que resume o espírito da vocação cartuxa, é eloquente:

“Stat Crux dum volvitur orbis”

O que significa? “A Cruz permanece em pé enquanto o mundo dá voltas”.

A cartuxa em Portugal e no Brasil

Entre as cartuxas que existem mundo afora, há uma no Brasil, a de Nossa Senhora Medianeira, em Ivorá, no Rio Grande do Sul, e uma em Évora, Portugal, que você pode “visitar” no seguinte vídeo de 3 minutos produzido pela revista Expresso em janeiro de 2007:

Testemunho arrebatador

Para conhecer mais sobre a fascinante vocação cartuxa à vida contemplativa, leia o seguinte artigo extraído do texto “Intimidade com Deus”, escrito por um cartuxo anônimo:




Leia também:
Clausura cartuxa: uma vocação que estarrece e choca o mundo

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
IgrejamongesVocação
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia