Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconAtualidade
line break icon

Rosário de balas de chumbinho: literalmente, uma arma contra o ódio na Venezuela

CC

Macky Arenas - Aleteia Brasil - publicado em 22/06/17

Uma jovem recolhe os projetis lançados pela repressão venezuelana e os transforma em terços

As balas de chumbinho, conforme o tipo de arma e a distância do disparo, podem causar desde queimaduras de primeiro grau até fraturas, passando por lesões penetrantes (quando a bala se aloja no corpo) e lesões perfurantes (quando atravessa um órgão). As cicatrizes causadas por impactos profundos desses projetis só podem ser eliminadas com cirurgia plástica – e os impactos quase sempre são profundos. Além disso, essas balas também podem, evidentemente, causar a morte.

Nas cidades venezuelanas infernizadas pelos efeitos devastadores da loucura ideológica, dezenas de feridos por balas de chumbinho chegam todos os dias aos centros de atendimento de saúde. Essas balas são disparadas a granel – e estão entre os tipos de munição mais “suaves” que as “forças da ordem” do governo da Venezuela têm utilizado para reprimir os massivos protestos que agitam o país há meses.

As feridas podem demorar meses para fechar. Em alguns casos, a vítima sofre sérias infecções. Apesar disso, boa parte dos feridos da Venezuela mal recebe os cuidados básicos e já volta às ruas para não deixar os protestos esmorecerem.

Neste cenário incendiado pela insanidade ideológica do governo de Nicolás Maduro, uma jovem teve uma iniciativa que, literalmente, dispara um apelo às consciências humanas e um clamor a Nossa Senhora por ajuda e proteção: Adriana López recolhe milhares de projetis disparados e abandonados pelas ruas e praças da Venezuela e os transforma em contas de rosários.

Cada uma dessas balas pode ser um amigo, um familiar, um compatriota ferido, caído, deformado, morto.

A proposta é fazer tantos rosários quantos possível e distribuí-los à população como “arma espiritual” que transforma o mal e o ódio em oração e caridade cristã, pedindo a Nossa Senhora que interceda pelo resgate da paz e da civilização numa Venezuela martirizada.

O seguinte vídeo, em espanhol, fala desta iniciativa:

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=QL49Bg3SGUA&w=853&h=480]

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
IdeologiaMundoTerçoViolência
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia