Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Foto mostra leite materno afugentando bactérias e encanta internautas

Leite materno contra bactérias
Compartilhar

A ciência tem confirmado que os benefícios do leite materno se prologam inclusive na vida adulta dos filhos amamentados

A ciência vem confirmando há muito tempo os benefícios duradouros do leite materno na vida dos filhos, não apenas durante a infância, mas inclusive ao longo da sua vida adulta. Além de ser fonte riquíssima de nutrientes para o bebê durante 6 meses sem precisar de outros alimentos, o leite materno também é uma arma poderosa para defendê-lo de doenças na amamentação e, para surpresa de muita gente, durante o resto da vida: há estudos demonstrando que as crianças amamentadas pela mãe se tornam adultos mais resistentes a vários vírus, inclusive ao da dengue.

Na sua longa lista de benefícios, também entram os poderes impressionantes do leite materno contra as bactérias. E esse poder foi “flagrado em imagens”!

Faz vários meses que começou (e continua) a circular pelas redes sociais uma foto que deixa os internautas surpresos e encantados.

A foto foi tirada pela estudante inglesa de biociências Vicky Greene e mostra nove placas de Petri, um equipamento usado para fazer experimentos científicos.

Vicki, de 31 anos e mãe de três filhos, estava realizando uma pesquisa de microbiologia sobre a reação das bactérias ao entrarem em contato com o leite humano.

Ela pingou uma gota de leite materno (área branca) no meio de uma colônia de bactérias (pontos esverdeados) em cada uma das placas de Petri. O que aconteceu? O leite humano formou ao seu redor uma espécie de barreira de proteção, impedindo as bactérias de sobreviverem ali perto.

Vicky Greene - Facebook (Fair Use)

E não se trata apenas de leite materno das primeiras semanas de amamentação: a experiência usou duas amostras diferentes, correspondentes à de uma mulher que está amamentando há 15 meses (placas marcadas com “BmA”) e à de outra mulher que está amamentando há nada menos que 3 anos consecutivos (placas marcadas com “BmB”).

Ao compartilhar a foto e o relato da experiência nas redes sociais, Vicky celebrou: “O futuro é brilhante, o futuro é leite materno!”.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.