Aleteia

O policial (ou anjo) que tirou uma mulher grávida e sua filha das ruas

Compartilhar
Comentar

Nos Estados Unidos, uma mulher e sua filha ficaram sem teto depois de escapar do marido e pai violento. Mas um dia, o “milagre”aconteceu...

Jessica e sua filha, a pequena Kayla, de dois anos, não têm casa. Elas fugiram do marido e pai violento que as maltratava e vivem na rua, na cidade de Little Rock, Arkansas. Mas um dia um policial as viu nessa situação. E mudou a vida delas. Como nos filmes.

O diário USA Today de 30 de junho contou a história. O protagonista foi o agente de polícia Tommy Norman, muito popular no Facebook por seus gestos de humanidade.

O abraço da mamãe Jessica

Norman estava dirigindo quando, do lado direito da rua, viu uma mulher que dormia na calçada com uma menina no colo. A mulher estava grávida e deitada de barriga para cima com sua filha no peito, abraçando-a para que ela não ficasse no chão.

O lugar mais seguro

O policial se aproximou. E, ao falar com Jessica, descobriu que a mamãe grávida decidiu dormir na calçada porque pensava que aquele era o lugar mais seguro para ela e para a menina, após fugir do marido violento. Por não terem casa e ter se esgotado o tempo máximo de permanência em um abrigo para mulheres, a rua era a única solução para elas. (universomamma.it, 4 de julho).

Um quarto para dormir

A gravidez de Jessica estava avançada. Ela podia dar à luz de uma hora para outra. Por isso, era absolutamente perigoso dormir na rua nessas condições. Norman não pensou duas vezes. O policial acompanhou mãe e filha até um hotel próximo dali e lhes pagou um quarto. Jessica e Kayla teriam, finalmente, uma cama para dormir.

Solidariedade no Facebook

Ao mesmo tempo, Norman deu início a uma competição de solidariedade online. Ele gravou a cena com seu celular e depois publicou nas redes sociais, pedindo ajuda para a mãe e a filha. O post viralizou e logo começou a chegar ajuda de todo o país e até do exterior. A família recebeu comida e roupa de vários lugares. Dias depois, Jessica deu à luz o pequeno Xavier. Agora, os três vivem em um pequeno quarto de hotel e dividem o espaço com caixas e mais caixas de doação que chegam todos os dias.

Jessica também está procurando emprego, já que quer, em breve, poder sustentar os filhos.

 

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia