Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
home iconEspiritualidade
line break icon

Testemunho: a oração de Padre Pio que me comoveu

Domaine Public

Claudio de Castro - publicado em 11/07/17

“Permanecei, Senhor, comigo...”

Certamente você já conhece a história dos discípulos de Emaús. Eu gosto dessa passagem, quando eles se encontram com Jesus no caminho e não o reconhecem. Cristo falava e eles não entendiam. Como isso foi possível?

Muitas vezes, preciso que me falem de Deus, como os discípulos. Então, vou à Missa e ouço a homilia do padre com atenção.

Há uma parte do Evangelho com os discípulos de Emaús que me comove. E eu tenho usado essa passagem como uma oração pessoal, em meio à dor e às tentações. Uso também quando não sei o que fazer. É muito simples: peço a Deus que permaneça comigo.

 “Permanecei comigo, Jesus, porque escurece e eu não posso vencer sozinho as tentações nem enfrentar o mundo e a adversidade. Permanecei comigo, Jesus, porque sem ti nada sou”.

Sempre quis ser como eles: ter esse encontro com Jesus sem reconhecê-lo e, ao final, saber que era Ele quem esteve comigo. Sentir arder o meu coração, como no Evangelho:

“Aproximaram-se da aldeia para onde iam e ele fez como se quisesse passar adiante. Mas eles forçaram-no a parar: Fica conosco, já é tarde e já declina o dia. Entrou então com eles. Aconteceu que, estando sentado conjuntamente à mesa, ele tomou o pão, abençoou-o, partiu-o e serviu-lho. Então se lhes abriram os olhos e o reconheceram… mas ele desapareceu. Diziam então um para o outro: Não se nos abrasava o coração, quando ele nos falava pelo caminho e nos explicava as Escrituras?” (Lc 24, 28-32)

Sou fraco e falho com facilidade. Por isso, me apego aos sacramentos, à oração, à leitura de bons livros que me inspirem, à Eucaristia, às minhas visitas diárias a Jesus no sacrário.

Lá, fico com Ele, falo, digo-lhe que o amo, peço que fique comigo. E, com certeza, Ele fica.

Não o vejo. Nem preciso. Basta recebê-lo todas as manhãs na Santa Comunhão. Como és bom, Jesus!

Estes dias, encontrei uma bela oração, muito semelhante à passagem do Evangelho, mas ainda mais bonita, que é atribuída a Padre Pio. Ela me comoveu profundamente.

Ela me lembrou os discípulos de Emaús, quando eles pediram a Jesus: “Permanecei conosco…”

Por isso, nesses dias, esta tem sido a minha oração:

“Permanecei, Senhor, comigo, porque é necessária a Vossa presença para não Vos esquecer. Sabeis quão facilmente Vos abandono.

Permanecei, Senhor, comigo, pois sou fraco e preciso da Vossa força para não cair tantas vezes.

Permanecei, Senhor, comigo, porque Vós sois a minha luz e sem Vós estou nas trevas.

Permanecei, Senhor, comigo, pois Vós sois a minha vida e sem Vós esmoreço no fervor.

Permanecei, Senhor, comigo, para dar-me a conhecer a Vossa vontade.

Permanecei, Senhor, comigo, para que ouça a Vossa voz e Vos siga.

Permanecei, Senhor, comigo, pois desejo amar-Vos muito e estar sempre em Vossa companhia.

Permanecei, Senhor, comigo, se quereis que Vos seja fiel.

Permanecei, Senhor, comigo, porque, por mais pobre que seja a minha alma, deseja ser para Vós um lugar de consolação e um ninho de amor.

Permanecei, Jesus, comigo, pois é tarde e o dia declina… A vida passa; a morte, o juízo, a eternidade se aproximam e é preciso refazer minhas forças para não me demorar no caminho, e para isso tenho necessidade de Vós. Já é tarde e a morte se aproxima. Temo as trevas, as tentações, a aridez, a cruz, os sofrimentos – e quanta necessidade tenho de Vós, meu Jesus, nesta noite de exílio!

Permanecei, Jesus, comigo, porque nesta noite da vida, de perigos, preciso de Vós. Fazei que, como Vossos discípulos, Vos reconheça na fração do pão; que a comunhão eucarística seja a luz que dissipe as trevas, a força que me sustente e a única alegria do meu coração.

Permanecei, Senhor, comigo, porque na hora da morte quero ficar unido a Vós; se não pela comunhão, ao menos pela graça e pelo amor.

Permanecei, Jesus, comigo; não Vos peço consolações divinas porque não as mereço, mas o dom de Vossa presença, ah! sim, vo-lo peço.

Permanecei, Senhor, comigo; é só a Vós que procuro; Vosso amor, Vossa graça, Vossa vontade, Vosso coração, Vosso Espírito, porque Vos amo e não peço outra recompensa senão amar-Vos mais. Com um amor firme, prático, amar-Vos de todo o meu coração na terra para continuar a Vos amar perfeitamente por toda a eternidade. Amém.”

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Padre Pio
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia