Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconReligião
line break icon

Maria sofreu ao dar à luz Jesus Cristo?

Walter A. Aue CC

Aleteia Brasil - publicado em 12/07/17

Se ela não tinha pecado, poderia ter sofrido essas dores que são consequentes do pecado original?

As dores de parto são uma consequência do pecado original (cf. Gênesis 3,16). Para os católicos, Maria não teve esse pecado; logo, não teve dores de parto (cf. Is 66,7).

No livro do Apocalipse, entretanto, há um capítulo que, para os católicos, se refere a Maria, e, nele, o autor São João cita “dores de parto”:

“Apareceu em seguida um grande sinal no céu: uma Mulher vestida do sol, a lua debaixo dos pés e, na cabeça, uma coroa de doze estrelas. Estava grávida e gritava de dores, sentindo as angústias de dar à luz (…) Ela deu à luz um Filho, um menino, aquele que deve reger todas as nações com cetro de ferro. Mas seu Filho foi arrebatado para junto de Deus e do Seu trono” (Apocalipse 12,1-5).

Que dores seriam essas que precederam o parto de Jesus?

Para interpretar esta passagem, deve-se considerar um sentido alegórico de “dores de parto”. No Novo Testamento, São Paulo utiliza o termo “dores de parto” (do grego ὠδίνουσα-ōdinousa) como metáfora para o sofrimento espiritual ou para o sofrimento em geral (cf. Gl 4,19; Rm 8,22). Todos sabemos que, para Maria, dar à luz a Jesus envolveu grande abnegação e sacrifício espiritual, e João resume essas angústias de forma alegórica, mediante a imagem das “dores de parto”. No século VI, Ecumênio, um dos primeiros a comentar completamente o livro do Apocalipse, explica:

“E assim, de acordo com as regras da linguagem figurativa, ele chama esse desânimo e tristeza de ‘gritar’ e ‘angústia’. Isso não é incomum. Mesmo ao bem-aventurado Moisés, quando conversava espiritualmente com Deus e perdeu o coração ao ver Israel no deserto cercado pelo mar e pelo inimigo, Deus disse: ‘Por que choras para mim?’ (Êxodo 14,15). Também aqui, a conturbação da Virgem na mente e no coração é chamada de ‘gritar’” (Ecumênio, Comentário ao Apocalipse, 6,19,8).

__________

Via iCatolica.com

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
BíbliaMariaPecado
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia