Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 26 Julho |
Santo Austindo
home iconAtualidade
line break icon

Contos edificantes: “Lágrimas de Eva, origem das pérolas”

Pixabay

Aleteia Brasil - publicado em 24/07/17

Uma popular e comovente história para crianças de todas as idades

O seguinte conto cristão, relatado mais frequentemente no mundo anglicano, retrata o estilo popular de atribuir origem encantada ou sagrada a certos elementos e fenômenos da natureza. Obviamente, não tem qualquer valor ou base doutrinal, pretendendo ser apenas uma entretida história para crianças e um veículo para algumas reflexões sobre valores. É neste sentido que esses contos populares devem ser entendidos, utilizados e aproveitados.

Diz o conto:

Quando Abel caiu ao solo, assassinado pelo irmão cruel e invejoso, Eva tentou reanimá-lo, acariciando com grande carinho materno o corpo sem vida do filho. Vendo, porém, que Abel não mais despertaria, ela saiu caminhando com profunda tristeza e desconsolo, para longe, longe, até chegar junto ao mar. E ali se deixou ficar, boquiaberta, assombrada, a imensidão das águas que nunca tinha visto até aquele instante. Foi então que as suas primeiras lágrimas conseguiram escapar dos seus olhos tristes. E rolaram, quietas, pela face de Eva, caindo sobre pétalas de flores pequeninas que brotavam entre as pedras da praia. Adão tinha seguido a mulher em silêncio e a observava à distância. Quando ela se afastou, foi ver o que eram aquelas gotas que tinham caído dos seus olhos. Fascinado com seu brilho, resolveu guardá-las dentro de conchas e depois enterrou-as todas na areia entre as pedras e o mar. O mar, também curioso, esperou cair a noite, fez um ingente esforço para espichar-se, elevou‑se em ondas de espuma e chegou até o tesouro escondido, recolhendo assim as conchas para ver o que continham. Só que as ondas, ao verem aquelas lágrimas tão puras eternizadas como pequenos globos brilhantes, também choraram: e até hoje se escutam seus gemidos quando tocam as praias e se lembram do pranto de Eva. É por isso que, quando o homem deseja uma pérola, ele precisa escutar o pranto das ondas e aventurar-se ao meio delas, que ainda guardam, em conchas humildes, as lágrimas da primeira mãe.
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
CONFESSION, PRIEST, WOMAN
Julio De la Vega Hazas
Por que não posso me confessar diretamente com Deus?
7
Anna Gębalska-Berekets
O que falar (e o que não falar) a um ente querido com câncer
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia