Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Primos, uma amizade especial dentro da nossa família

A mente é maravilhosa - publicado em 31/07/17

Assim como acontece na relação entre pessoas especiais que se gostam, dizem que um primo vê a primeira lágrima, seca a segunda e impede a terceira

Costumamos falar dos irmãos como os primeiros amigos da nossa infância, e, desse modo, acabamos algumas vezes esquecendo, injustamente, o valor que os nossos primos têm nas primeiras brincadeiras e nos primeiro afetos.

Eles são vínculos imprescindíveis em nossa vida e, se a relação é boa, podem chegar a se tornar pilares maravilhosos que sustentam muitos sorrisos em nosso rosto.

A amizade entre primos é especial dentro da nossa família. Mesmo quando eles não são parte da nossa vida diária, os primos conseguem ter um lugar privilegiado em nossos pensamentos e ficam para sempre gravados, profundamente, em nossas memórias.

Os primeiros amigos

Quem teve o gosto e o prazer de crescer com primos ao seu lado sabe como são desejados os encontros que tanto demoram para chegar, as tardes de brincadeiras, as histórias para contar, as noites conversando durante horas, as brigas e as pazes que são feitas sob o olhar dos adultos…

“Peçam desculpas e apertem as mãos!”, diziam nossos pais e tios. Como era difícil dar o braço a torcer, mas, depois, como era rápido esquecer as brigas! Por quê? Porque, quando somos crianças, sabemos que cada segundo de brincadeira é um tesouro precioso que não podemos desperdiçar – e ficar de birra significava justamente isso!

O tempo valia ouro e os desentendimentos não valiam a pena, pois se perdiam momentos de muita alegria ao lado de nossos primos; afinal, a qualquer momento, vinha aquele chamado para jantar ou para ir embora…

Com nossos primos aprendemos a nos relacionar além das fronteiras do nosso lar, além das normas diárias e dos apuros cotidianos, afastando-nos inclusive da realidade para entrar num mundo de sonhos, que nos fazia voar até lugares cheios de fantasia e diversão!

Uma amizade que fica para sempre

As tardes de brincadeiras e os segredos compartilhados fizeram desses momentos da nossa infância algo memorável. Aprendemos a compartilhar, a resolver conflitos, a enxugar lágrimas, a escutar, a curar feridas, a buscar tesouros, a achar a natureza valiosa e a obter uma sabedoria emocional que nos transmite a existência de uma conexão muitíssimo especial, que é essa que se estabelece entre os filhos de irmãos!

A relação que os pais e os tios mantêm se reflete muitas vezes no clima que acaba se estabelecendo nas brincadeiras e nas relações entre os próprios primos. Assim, se os irmãos costumam passar tempo juntos, acabam ajudando a criar entre seus filhos uma relação duradoura, bem estabelecida e livre de conflitos cotidianos, que, às vezes, podem chegar a obscurecer a beleza dessa etapa e desse momento.

Assim como acontece na relação entre pessoas especiais que se gostam, dizem que um primo vê a primeira lágrima, seca a segunda e impede a terceira.

À medida que vamos completando anos, surge entre os primos uma cumplicidade especial, que se transforma em uma permanência emocional única. Sabemos que eles estão lá, mesmo que não estejamos vendo; somos conscientes de que a distância física não afeta o sentimento e podemos nos apoiar e acudir uns aos outros sem qualquer dúvida ou hesitação.

Se essa relação está bem enraizada, ela pode chegar a durar a vida toda, se transformando numa amizade maravilhosa dentro da árvore genealógica; uma amizade que nos ajuda a desenhar uma cumplicidade extrema, que nos faz até sorrir sozinhos – algumas vezes de saudade, sim, mas muito mais vezes de felicidade! Felicidade que marca uma vida e muitas etapas, felicidade que não pode ser apagada, felicidade que nos fará guardar para sempre, dentro do nosso coração, a beleza de ter os nossos primos conosco!

___________

Via Mente Maravilhosa

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
AmizadeFamília
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia