Aleteia

Beneditinos no deserto: uma vida de oração no Novo México

Compartilhar
Comentar

Uma comunidade beneditina se estabeleceu há mais de 50 anos no meio de um deserto

O  Monastery of Christ in the Desert (Mosteiro de Cristo no Deserto) está localizado em Abiquiu, no Novo México, a cerca de 100 quilômetros ao norte de Santa Fé. Foi fundado em 1964 pelo Pe. Elredo Pared, acompanhado por um grupo de monges vindos do mosteiro de Monte Salvador, em Nova Iorque. Em 1983, o Mosteiro de Cristo no Deserto tornou-se parte da província inglesa da Congregação de Subiaco, e se tornou uma abadia autônoma em 1996.

Monastero di Cristo nel Deserto

Mas desde os primórdios, muito antes de ser autônomo, o mosteiro (como qualquer outra comunidade beneditina) tentou viver sua vida diária em estrita adesão à Regra de São Bento, sem apostolados externos, mas mantendo o albergue para retiros privados, onde homens e mulheres podem compartilhar com os monges a oração do ofício divino e a celebração da Missa na igreja da abadia. Além de manter a casa de hóspedes, os monges estão envolvidos no trabalho manual (permitindo a administração e o gerenciamento da abadia) e na manutenção e operação do mosteiro, da comunidade e dos seus convidados. Uma loja de presentes, que inclui uma loja online onde livros e artigos religiosos e artísticos de qualidade estão disponíveis, também garante parte da renda do mosteiro.

O Mosteiro de Cristo no Deserto, como o próprio nome já diz, fica no deserto de Chama Canyon, um lugar de extraordinária beleza no noroeste do Novo México, a meio caminho entre Santa Fé e Chama. Chega-se ao mosteiro depois de viajar 13 milhas ao longo de uma estrada de terra e cascalho. Ao longo do caminho, você pode ver belas formações naturais: penhascos, montanhas cobertas de árvores e o rio Chama, já que a estrada que leva ao mosteiro passa pelo meio do vale. O mosteiro, é claro, está cercado por um deserto protegido pelo governo, o que assegura a solidão e a tranquilidade da vida monástica.

Monastero di Cristo nel Deserto - Ostello per gli ospiti

Precisamente por causa da sua localização no meio do deserto, a energia e o bombeamento de água no mosteiro são fornecidos por painéis solares. A instituição é fortemente comprometida com a gestão sustentável e ecológica na solução de suas necessidades operacionais diárias.

O principal arquiteto do mosteiro original, incluindo a igreja, as celas dos monges e o alojamento, foi George Nakashima, o famoso designer e carpinteiro japonês.

Para saber mais sobre o local, planejar retiros ou simplesmente admirar a beleza da arquitetura, da vida monástica e da natureza circundante, clique aqui.

 

Compartilhar
Comentar
Boletim
Receba Aleteia todo dia