Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Por favor, ajude-nos a manter este importante serviço. APOIE AGORA
Aleteia

Um emoji para as mães que amamentam

Breastfeeding Emoji
Compartilhar

Após demanda popular, a Apple lançou um emoji de uma mulher amamentando seu bebê no peito

A espera acabou! O CEO da Apple, Tim Cook, anunciou no Tweeter o lançamento de novos emojis para 2017 e, graças à demanda popular, o novo lote agora inclui um emoji de amamentação materna. De tuítes a uma petição no Change.org, este próximo emoji foi altamente solicitado.

Até agora, mamães de todo o mundo tinham que usar o emoji da mamadeira como uma forma rápida de dizer que elas estavam amamentando seus filhos. Muitas esperam que ter este emoji disponível para todos as usuárias será o próximo passo do movimento “Normalize Breastfeeding“, que foi fundado pela fotógrafa Vanessa A. Simmons para criar e espalhar imagens que mostram a beleza da amamentação e incentivá-la para a sociedade americana.

Mas não se trata apenas de empoderamento. O Centro de Controle e Prevenção a Doenças dos Estados Unidos afirmou que o “objetivo é aumentar as taxas de amamentação no país e promover melhores práticas de amamentação”, porque “uma das medidas preventivas mais eficazes que uma mulher pode adotar para proteger a saúde do bebê é oferecer o leite materno.”

Com os emojis sendo uma parte da nossa vida diária a partir de agora, esse movimento aparentemente pequeno poderá incentivar muitas mulheres e ter impactos reais para a saúde da sociedade – isso sem mencionar que elas passarão a comemorar mais o milagre dado por Deus, que é a maternidade.

 

Milhões de leitores em todo o mundo – incluindo milhares do Oriente Médio – contam com a Aleteia para se informar, buscar inspiração e conteúdos cristãos. Por favor, considere a possibilidade de ajudar a Edição em Árabe com um pequeno donativo.