Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 05 Agosto |
Santos Vardan e companheiros
home iconEstilo de vida
line break icon

Sabia que a tristeza também tem benefícios?

Shutterstock

Miriam Diez Bosch - publicado em 27/08/17

O insólito “valor” desse sentimento faz com que ele seja não apenas necessário, mas também positivo

A tristeza não é um sentimento desejável. A princípio, tentamos evitar qualquer sentimento de angústia, tédio ou depressão. Mas a tristeza é necessária e, inclusive, benéfica.

O jesuíta Giovanni Cucci S.J, escritor na Civiltà Cattolica, revista dos jesuítas na Itália e que agora também é editada em espanhol, acredita que “a tristeza faz parte da vida e ajuda a captar sua riqueza de matizes”.

E não é só isso: estar triste pode ser benéfico, pois traz ensinamentos valiosos. Suprimir a tristeza seria como excluir a noite da jornada. “Eliminar a tristeza significa fechar-se à possibilidade de acessar sentimentos e atitudes espetaculares, como a alegria, a paz, a criatividade e o prazer pela vida”.

A tristeza (com causa) não é o mesmo que a depressão (sem causa). O jesuíta aponta que a depressão deve ser objeto de atenção médica.

Sabe o que é a alexitimia?

Um sinal preocupante da marginalização da tristeza é a crescente difusão, entre jovens e adolescentes, da alexitimia, ou seja, da incapacidade de reconhecer e expressar seus sentimentos, uma situação de frigidez e superficialidade crônicas.

Essa tendência pode ser alimentada pela revolução digital, que, junto à indubitável gama de possibilidades e recursos, revelou novas formas de armadilhas para a mente.

A enorme oferta que propõem as redes sociais “pode ser uma maneira de fugir da tristeza” e da “incapacidade de ficar sozinho”.

Dedicar muitas horas por dia ao consumo dos meios de comunicação digital também pode ser uma estratégia para “fugir dos sentimentos desagradáveis, como a solidão e a tristeza”.

A parte positiva, como prossegue o artigo de Cucci, é que “o tédio, a tristeza e a solidão”, que são fontes de sofrimento, são também a “porta de acesso às mais altas possibilidades de si mesmo, como a criatividade, a verdade, a empatia e a compaixão”.

Recorrer, pois, à vulnerabilidade e à fragilidade pode ser um caminho para a criatividade.

São Tomás e a tristeza

A tristeza não é um tema recente. São Tomás de Aquino dedica quatro “quaestiones” de sua Summa Theologiae (I-II, qq. 35-39) ao assunto. A tristeza, para ele, é uma “modalidade de dor”, uma “dor da alma”.

Essa tristeza permite compreender também a dor dos outros e ajuda no processo de arrependimento.

Santo Inácio e a desolação

O artigo da Civiltà Cattolica também percorre a ideia de Santo Inácio de Loyola, que oferece uma valorização complexa do estado de tristeza. Ele qualifica esse estado com o termo “desolação”. Para Inácio, é relevante a existência de uma tristeza capaz de manter o espírito aberto, de “conservar a vigilância e convidar à humildade” – condições indispensáveis para o progresso na vida espiritual.

O autor considera, finalmente, que a tristeza serve para nos lembrar do “valor do tempo, das pessoas e das possibilidades que não estarão sempre à nossa disposição.”

Então já sabem: fiquem tristes e aproveitem a vida.




Leia também:
O inesperado poder da tristeza

Tags:
Depressãosentimentostristeza
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
5
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Princesa Diana no Accord Hospice
Reportagem local
Um padre católico acompanhou a princesa Diana na madrugada de sua...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia