Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

6 estratégias para parar de procrastinar e começar a fazer

Woman Stressed Out
Shutterstock
Compartilhar

Veja como ficar motivado perante as tarefas que você teme

Todos nós temos tarefas que adiamos mais do que deveríamos. Seja agendar uma consulta de rotina, lavar roupa ou enviar um cartão de aniversário, a procrastinação parece ser a solução em algum momento durante a semana. Embora muitas vezes percebemos que estamos adiando, nem sempre sabemos como sair dessa situação.

Explorando a procrastinação

Muitas vezes me pergunto com irritação: “Por que não consigo fazer isso?”. É a pergunta certa, mas no tom errado. Quando percebemos que um item está pendurado em nossa lista de tarefas, ao invés de advertir a nós mesmos, podemos explorar o que está nos segurando. Podemos nos perguntar: “o que me impede de avançar?”, conectando-nos com os recursos ou as soluções de que precisamos.

Sondar as dificuldades nos permite focar aspectos específicos do processo. Podemos avaliar nossos próprios sentimentos sobre a tarefa, se temos as ferramentas certas, ou se precisamos de ajuda dos outros. Você pode perguntar: “como me sinto quando abordo essa tarefa?”. Se isso traz ansiedade, talvez seja necessário fazer um exercício de respiração relaxante antes de começar. Você sabe mesmo por onde começar? Talvez você precise planejar isso. Você se sente sobrecarregado? Se assim for, você pode dividir a tarefa em pequenas partes. Sente que você nunca teve tempo para fazer tal coisa? Sentar-se e agendar em seu calendário pode ser a chave para o sucesso. Ao pausar para refletir sobre o que é que está detendo-o, você evita ser autocrítico e cria uma mentalidade onde as soluções podem crescer.

O mito do “tempo certo”

Muitas vezes evitamos tarefas acreditando que um dia mágico chegará e finalmente nos sentiremos confortáveis para ​​trabalhar nelas. Infelizmente, se é uma tarefa árdua, de que nós realmente não gostamos, ou isso causa ansiedade, esse dia nunca virá. Pode ser útil preparar-se para tarefas que tememos, incluindo uma boa noite de sono, nutrição adequada, hidratação e alguns minutos de relaxamento. No entanto, também nos beneficiamos de aceitar que não há maneira de contornar o processo, simplesmente temos que passar por isso. Ao invés de esperar para estar no tempo certo, é útil reconhecer, “agora é um bom momento como qualquer outro”.

Ao desmascarar o mito do “tempo certo”, reconhecemos que algumas partes da vida diária são simplesmente difíceis e podem causar angústia. Ao aceitar que algumas tarefas vêm com mais desafios, nós somos mais propensos a ver oportunidades em um trabalho difícil mas bem feito. Também temos menos probabilidades de nos concentrar em nossas próprias deficiências, e nos concentramos no nível do desafio.

Dê-se algum crédito

Em seu livro Nurture Shock, Po Bronson comenta um estudo que demonstrou que as crianças elogiadas por seu esforço, e não por sua capacidade inerente, eram mais resistentes e mais propensas a enfrentar desafios futuros. Dois grupos de crianças receberam tarefas e, após a conclusão, um grupo foi elogiado por ser inteligente, enquanto o outro grupo foi elogiado por se esforçar. Quando ambos os grupos receberam tarefas que desafiaram significativamente suas habilidades, as crianças que haviam sido elogiadas por sua inteligência ficaram desencorajadas, creditando em si mesmas as deficiências. O grupo elogiado por seu esforço conseguiu fazer mais progresso e interpretar sua experiência de luta como um sinal de força interior, mesmo que não pudesse completar a tarefa.

Pode ser difícil nos dar crédito por lavar roupa ou pagar contas, porque assumimos que todo mundo no mundo faz essas coisas sem suar. É fácil entrar no padrão de perguntar: “o que há de errado comigo que isso é tão difícil?”. No entanto, podemos escolher uma postura mais solidária, aceitando nossos desafios específicos como parte de nossa experiência única e parabenizando a nós mesmos por enfrentar uma tarefa difícil. Prestar atenção ao processo de forma positiva prepara o caminho para sucessos futuros. Ao invés de esperar que algum dia a tarefa seja fácil, concentre-se na sua capacidade de superar obstáculos diários, aumentar o sentimento de competência e autoestima.

“Algum dia” significa nunca

Na minha clínica, regularmente reviso metas com meus clientes e muitas vezes ouço, “vou fazer isso em algum momento”, ou “eu farei isso quando eu tiver tempo”. Isso deixa a tarefa em uma terra abstrata sem intenção, enquanto permanece desconectada de um plano concreto que levará à realização. Há, de fato, algumas tarefas que simplesmente “ainda não conseguimos” fazer. Mas se é um item que foi evitado por semanas, ou mesmo meses, pode ser hora de consultar o seu calendário, identificar um horário e encaixá-lo. Isso fornece tanto um método para completá-lo quanto um compromisso de ação.

Talvez não seja uma questão de tempo, mas de know-how ou de recursos. Recentemente, percebi que a razão pela qual eu desistia de pintar meus armários não era por falta de tempo, como eu assumi, mas porque eu não sabia por onde começar.

Desligue

Um cartão de aniversário pode soar como “apenas um cartão de aniversário”, mas há inúmeros passos envolvidos: ir à loja, escolher um cartão, escrever no cartão, procurar o endereço do destinatário, encontrar selos, escrever o endereço no envelope, selá-lo e colocar no correio.

Em vez de um único item, como “enviar um cartão de aniversário para a mamãe”, escreva cada passo na sua lista de tarefas. Se você se comprometer a verificar um passo a cada dia, pode levá-lo até uma semana e meia, mas irá assegurar de está cumprindo sua tarefa. Você pode dar crédito por cada etapa completa, recompensando-se por continuar a tarefa, mesmo em pequenos avanços.

Apenas comece

Uma preocupação comum é o tempo que um projeto levará. Se não está tendo tempo para completar a tarefa, ou tendo uma aversão em passar toda a manhã em um projeto, muitas vezes evitamos começar algo porque estamos limitados pelo tempo. No entanto, a maioria dos projetos pode ser dividida em tarefas de partes menores e podemos pausar entre cada etapa.

Arrume um temporizador de cozinha e configure-o para 15 minutos, e comece a trabalhar. Você pode estar pronto para continuar após os 15 minutos iniciais, ou você pode querer/precisar fazer uma pausa. De qualquer forma, esses pequenos “tempos” aproveitam ao máximo a nossa energia e nos ajudam a progredir – mesmo em pequenos crescimentos – em tarefas que de outra forma estávamos evitando. Quinze minutos hoje significam 15 minutos mais perto da conclusão. À medida que você faz progresso, você se sentirá realizado, o que promove emoções positivas em direção à tarefa, em vez de ansiedade ou medo.

Sempre haverá coisas em nossas listas de tarefas que preferimos terceirizar, mas, prestando atenção à nossa aversão e analisando nosso próprio processo de procrastinação, podemos construir resiliência, superar obstáculos todos os dias e fazer grandes progressos nas tarefas que muitas vezes tememos.

Aleteia Top 10
  1. Lidos